Destaque

Com titulo do Salgueiro em Pernambuco, Rio de Janeiro é o único estado sem campeão do interior

Imagem: Rafael Melo/Santa Cruz
— Continua depois da publicidade —

O Campeonato Pernambucano 2020 entrou para a história. Na noite da última quarta-feira (5), o Salgueiro venceu o Santa Cruz nos pênaltis por 4 a 3 e conquistou a primeira taça para o interior do Estado.

O título do Salgueiro quebrou uma sequência de 75 taças seguidas do trio de ferro (Náutico, Santa Cruz e Sport) entre 1945 e 2019. O último campeão distinto havia sido o América, em 1944.

O Estado de Pernambuco ao lado do Rio de Janeiro, eram os únicos do país que ainda não haviam um campeão sem ser da capital. Agora, o Estado carioca segue como único representante, que teve nesse ano de 2020, o Flamengo campeão pela trigésima sexta vez.

O último clube a ameaçar a hegemonia da capital carioca foi o Volta Redonda, em 2005. Na ocasião, o Voltaço venceu a ida por 4 a 3, mas perdeu o jogo por 3 a 1 para o Fluminense.

Confira abaixo a lista dos primeiros campeões do interior em cada Estado do Brasil:

EstadoClubeAno
AcreAdesg2006
AlagoasAsa1953
AmapáIndependente1995
AmazonasGrêmio Coariense2005
BahiaFluminense de Feira1963
Ceará*Icasa1992
Espírito SantoCachoeiro1948
GoiásAnápolis1965
MaranhãoBacabal1996
Mato GrossoCEOV1964
Mato Grosso do SulCorumbaense1984
Minas GeraisSiderúrgica1964
ParáIndependente2011
ParaíbaTreze1940
ParanáMonte Alegre1955
PiauíParnahyba 1916
Rio Grande do NorteCorintians2001
Rio Grande do Sul**Brasil de Pelotas1919
RondôniaJi-Paraná1991
RoraimaReal2011
Santa CatarinaCaxias1929
São PauloInter de Limeira1986
SergipeIpiranga1939
TocantinsTocantinópolis 1993


* Diante o impasse um acordo foi feito entre a Federação Cearense de Futebol e os quatro clubes que disputariam as finais. Fortaleza, Ceará, Tiradentes e Icasa foram todos declarados campeões.

** Os clubes foram divididos por regiões. Os campeões citadinos disputavam os regionais, e os campeões das fases regionais jogariam entre si no Campeonato Gaúcho para definir o título, que ficou com o Brasil de Pelotas.

***Foi considerada apenas a fase profissional dos campeonatos estaduais.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

Ao topo