Grêmio

Torcida do Grêmio faz um mea-culpa e viraliza #DesculpaThiagoSantos

Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Thiago Santos tem convencido torcedores e comissão técnica com as boas atuações. Ajudando a dar maior equilíbrio e segurança defensiva, o atleta se firma cada vez mais no time titular. Quando contratado o atleta foi muito contestado pela torcida gremista, que viralizou no twitter a hashtag #ThiagoSantosNão. Agora, a situação é diferente, com os adeptos pedindo perdão ao volante com a hashtag #DesculpaThiagoSantos.

Na partida contra o Lanús na última quinta-feira, Thiago Santos teve seguramente sua atuação mais destacada vestindo a camiseta do Grêmio. O atleta foi intenso e combativo, além de auxiliar na construção ofensiva, um ponto que não é forte no seu jogo. Segundo dados do SofaScore, além da assistência que o jogador deu para o gol de Ferreira, Thiago Santos deu um passe decisivo, criou uma grande chance e teve uma taxa de acerto de 90% dos passes que tentou. No quesito defensivo o volante teve sete desarmes e quatro interceptações.

Mapa de calor de Thiago Santos contra o Lanús – Reprodução/SofaScore

Ao todo pela equipe do Grêmio o atleta já fez cinco partidas, deu uma assistência, teve 90% de acertos no passe ao completar 254 dos 283 que tentou. O “Cachorrão”, apelido do jogador, tem 23 desarmes ao todo, uma média de 4,6 por jogo. Ainda recuperou a bola 38 vezes, sendo 11 no campo de ataque. Por fim, ganhou 10 das 16 disputas aéreas que teve, uma taxa de 62%. Estes dados só demonstram o quão importante é o atleta para a equipe neste início de temporada.

Thiago Santos tem 31 anos e assinou um contrato de três temporadas com o Grêmio. O tricolor desembolsou US$ 1,3 milhão (R$ 6,9 milhões) para contar com o atleta. Jogadores importantes do elenco, como Geromel e Maicon, respaldaram a contratação do elenco por saber que a equipe precisava de um jogador com estas características no elenco.

Veja a reação da torcida nas redes sociais

Para saber tudo sobre o Grêmio, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Facebook e Instagram.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top