Lutas

Último remanescente do primeiro TUF, Diego Sanchez é dispensado do UFC

Diego Sanchez UFC
Foto: Hans Gutknecht via Imago Images

Um dos mais veteranos do cast do UFC deixou a organização nesta semana. Diego Sanchez, vencedor da primeira edição do reality ‘The Ultimate Fighter’, teve sua saída anunciada de acordo com o site MMAJunkie e por informação do próprio lutador em suas redes sociais.

Numa postagem no Instagram, Sanchez se diz ‘livre’ e se coloca à disposição para integrar várias organizações de MMA. Dirigentes do Ultimate confirmaram posteriormente com páginas especializadas a demissão do lutador, que iria enfrentar no próximo dia 8 o estadunidense Donald Cerrone, mas acabou sendo retirado do evento.

‘Treinador-problema’ pode ter sido motivo de demissão

Assim que a saída do veterano foi anunciada, uma série de notícias começaram a aparecer sinalizando que sua demissão pode ter ligação com rusgas entre o Ultimate e seu técnico, Joshua Fabia. Algumas delas começaram a emergir nesta semana.

Uma destas é um vídeo postado recentemente pelo próprio lutador no qual Fabia aparece discutindo com a equipe de transmissão do UFC 253, disputado em Abu Dhabi em setembro passado. O treinador de Sanchez havia aparecido durante uma sessão de perguntas e respostas de seu pupilo com os componentes do time que iria participar da transmissão do card e começou a lançar críticas sobre eles, afirmando que estes não estariam tratando Diego ou ele ‘a sério’ em seus comentários.

Outro motivo teria sido segundo o Yahoo! Sports um pedido do treinador para ter em mãos todo o prontuário médico do pupilo do UFC, que teria citado ‘problemas de saúde’ de Sanchez para pedir tais informações. Como o lutador tinha passado por exames médicos prévios sem problemas, não haveria tal motivo para responder o pedido.

— Tenho um incrível relacionamento com o Diego e espero que ele esteja bem. Mas uma das coisas mais tristes que tem neste esporte, e vocês podem dizer que fui eu quem disse, são esses malucos que surgem de não sei onde e começam a sugar os atletas. De algum modo, esse cara (Fabia) entrou na vida dele e começou a controlar tudo. Já viram o vídeo em que ele persegue uns caras dentro do octógono com uma faca? Que m*** era aquela? Outro dia, ele foi na comissão atlética e disse a eles que tinha ensinado ao Diego um ‘toque da morte’. E ele ainda vai na equipe de transmissão e diz o que os caras quem que falar. Esse cara é maluco para c**** – disse Dana White.

O fim de uma era

Diego Sanchez era o último remanescente da primeira edição do The Ultimate Fighter a ainda permanecer no UFC. Foram 16 anos e 32 lutas desde 2004, quando entrou no TUF e foi campeão, vencendo Kenny Florian, até 2020 quando foi derrotado por Jake Matthews.

‘The Nightmare’ enfrentou lutadores como Nick Diaz, Josh Koscheck, Jon Fitch, BJ Penn, Clay Guida, Gilbert Melendez, Al Iaquinta, Matt Brown e Michael Chiesa, entre outros. Celebrado pelo estilo brigador, Sanchez venceu pela última vez em fevereiro de 2020, quando uma joelhada ilegal de Michel Pereira lhe deu a vitória.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top