Botafogo

Zahavi diz ter perguntado a técnico rival sobre Botafogo, afirma gostar da ideia de poder jogar no Brasil, mas não põe prazo para decidir seu futuro

Foto: Dean Mouhtaropoulos/Getty Images

O atacante israelense Eran Zahavi, de 35 anos, está pensando seu futuro. De saída do PSV, da Holanda, o camisa 7 buscou ter maiores informações sobre um dos clubes interessados na sua vinda: o Botafogo. Curiosamente, o jogador foi ouvir o técnico do rival Flamengo, Paulo Sousa, com quem já trabalhou no no Maccabi Tel Aviv, de Israel.

— Falei com o Paulo Sousa, perguntei o que tenho que perguntar sobre o Botafogo. Estou muito dividido sobre essas coisas – todas as opções são boas. Para mim, é inacreditável que um jogador israelense de 35 anos seja desejado no Brasil, que eles ofereçam o que oferecem e os fãs reajam freneticamente. É muito importante para mim representar Israel, certamente neste período do que se pensa de nós no mundo. Isso é algo que é muito importante para mim. Ao mesmo tempo, Israel também pode ser maravilhosamente representado. Ainda não decidi – contou centroavante em conversa no podcast “Frequent Traveler”.

Ainda durante o papo, Zahari afirma que não colocou um prazo para se decidir e que lado profissional, o lado familiar e o lado financeiro têm muita influência em escolha.

— Tenho certeza de que no final tomaremos uma boa decisão — disse.

Atualmente, o atleta está em fase de recuperação após ter sido submetido a cirurgia no joelho, a qual chegou a cogitar aposentadoria. O problema, contudo, não era de ligamentos, era apenas um “estresse”. A previsão inicial era ficar três semanas sem correr, mas esta semana o centroavante já voltou a se exercitar.

Para saber tudo sobre o Botafogo, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Facebook e Instagram.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top