Vasco

Após empate com o Remo, técnico interino do Vasco fala sobre clima em São Januário: ‘Uma tristeza sem tamanho’

Foto: Reprodução/VascoTV

O Vasco tropeçou novamente sob muitos protestos na noite desta sexta-feira, em São Januário. O empate em 2 x 2 com o Remo – 16º colocado – foi sob vaias, pedido de jogadores e uma espécie de terapia coletiva pro torcedor cruzmaltino que esteve presente no estádio. Fábio Cortez, técnico interino, saiu em defesa dos jogadores e falou sobre o clima da partida.

O clima do jogo acabou sendo o principal tema da coletiva. Perguntado sobre a experiência vivida nesta noite, o técnico interino respondeu:

– É uma tristeza sem tamanho. O torcedor ta no direito dele de cobrar. Mas se você ver as situações de jogo no ano, da pra perceber que tivemos problemas além deles (jogadores), de bolas desviando e etc. Queria agradecer a eles por serem profissionais e lidarem com isso. Temos mais um jogo e vamos tentar honrar essa camisa do Vasco – afirmou Cortez, em coletiva.

+ Atuações ENM: Mal defensivamente, Vasco só empata com o Remo; veja as notas

Muito se falava desde que o Vasco tinha perdido a chance de subir sobre maior utilização da base. Questionado sobre isso, Fabio Cortez respondeu:

– A gente já sabia da insatisfação da torcida. a gente precisa de um jogador pra dar um suporte, alguém mais experiente. Resolvemos mesclar para aliviar mais essa pressão em cima deles.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook. 

Questionado sobre a reformulação no departamento de futebol, Fábio Cortez desconversou falou que não tem interferência no assunto.

– Vai vir o novo diretor técnico, diretor executivo, um treinador e sim eles vão fazer a reformulação. Isso não cabe a mim, to aqui pra fazer meu trabalho, dar o treino e indicar os jogadores pra entrarem em campo.

Com o empate, o Vasco chegou aos 49 pontos e segue na 9º colocação. O próximo jogo, pela última rodada da Série B 2021, será contra o Londrina, no Estádio do Café, no domingo (28), às 16h.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top