Bahia

Após empate e péssima situação na tabela, Cláudio Prates se diz otimista com desempenho da equipe

Cláudio Prates

Bahia e Vitória empataram no segundo clássico do ano, na noite de hoje, válido pela 5ª rodada do Campeonato Baiano. Com o empate, o Tricolor está na 7ª colocação na tabela e atrás de times com menos jogos no estadual. O Esquadrão de Aço teve melhores oportunidades, mas desperdiçou. Cláudio Prates, técnico da equipe sub-23, elogiou o desempenho do elenco, falou sobre a péssima situação na tabela e afirma que foi superior ao Leão:

– Encontramos uma equipe fortalecida, confiante, que vinha com o triunfo do último clássico. Mudou algumas peças, mas o modelo de jogo é o mesmo. Jogamos de igual para igual. Pelas chances mais claras, merecíamos sair com um resultado melhor. Claro que fico chateado. Além de vencer o clássico, poderíamos melhorar na classificação. O Bahia não pode pensar em estar na classificação em que está. Fico chateado por isso. Tivemos oportunidades claras, poderíamos converter, sair com o triunfo e os pontos que nos deixariam em colocação melhor. Mas nada a reclamar. Os meninos se entregaram.

Como destacado, o Bahia não se encontra em uma boa situação. Além da colocação baixa, os times acima ainda tem menos jogos que o Tricolor. Apesar do cenário nada favorável e até surpreendente, o técnico mantém o otimismo.

– Não existe o Bahia pensa em estar fora do G-4. É circunstancial. Não temos que pensar no que está agora, mas nos quatro jogos que faltam. Pelo que fizemos hoje, nos deixa otimista. Temos confrontos diretos. Teremos que fazer a nossa parte. Saímos muito satisfeitos hoje.

Sobre o time de transição e os destaques que vem sendo testados, Cláudio afirmou:

– Já foram testadas todas as opções do setor ofensivo. Wesley, zagueiro em grande evolução, foi o único que não jogou. Jefferson Douglas e Hélio também não jogaram. Ideia da transição é oportunizar todos. Aí é com eles. Eles se escalam. Temos tentado otimizar os treinos com conversas e trabalhos específicos. Melhoramos o trabalho de último terço, mas ainda precisamos melhorar a finalização.

O técnico ainda destacou a participação do volante Pablo, que estrou com a camisa tricolor na noite de hoje.

– Não gosto de falar individualmente, mas se destacou no momento que a gente esperava que tivesse decréscimo pelo tempo de inatividade, por estar se ambientando ao grupo. Mostrou muita vontade. Achei que, no primeiro tempo, foi participativo na fase defensiva e, no segundo tempo, mostrou por que veio. Deu passe, participou de ações ofensivas. Fez uma estreia muito boa. Vai nos ajudar.

O Bahia entra em campo novamente sob o comando de Cláudio, com o time sub-23, neste domingo (21), contra o Fluminense de Feira, no estádio Joia da Princesa, em Feira de Santana.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top