Mais Esportes

Após mais de um ano parado, Roger Federer projeta volta às quadras em março

Roger Federer março
(Photo by WILLIAM WEST/AFP via Getty Images)

A última vez que o suíço Roger Federer disputou um campeonato oficial da Associação de Tenistas Profissionais (ATP) foi no dia 30 de janeiro de 2020. Na ocasião, o ex-número um do mundo perdeu para o sérvio Novak Djokovic, na semifinal do Aberto da Austrália. Agora, Federer está apto para jogar e deseja retornar em março, no ATP de Doha, no Catar.

Atual #5 do ranking mundial, Roger Federer passou por duas cirurgias no joelho direito ao longo do último ano. Fora de quase toda a temporada de 2020, o tenista de 39 anos anunciou, no dia 27 de dezembro, que não participaria do Grand Slam australiano.

– Roger decidiu não jogar o Australian Open de 2021. Ele tem feito grandes progressos nos últimos meses, mas depois de consultar o seu time, Federer determinou que a melhor decisão a longo prazo é voltar depois do Australian Open – declarou Tony Godsick, agente de Federer.

O ATP 250 de Doha é uma competição menor, que não exige 100% de Federer, vencedor de 20 Grand Slams.

– Há muito tempo que penso em quando e onde voltarei. O Aberto da Austrália seria um pouco cedo demais por causa do meu joelho e isso machuca, é um dos locais onde mais gosto de jogar. Eu quero voltar em um torneio menor em que o estresse fosse menor, e eu não precisasse estar totalmente focado – esclareceu Roger Federer.

Leia mais:

Siga os perfis do Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e Facebook.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top