Atlético-MG

Atlético-MG informa pagamento ao Goiás por venda de Léo Sena, mas clube esmeraldino devolve o dinheiro; entenda

Foto: Reprodução / Twitter

A novela entre Atlético e Goiás por conta da venda do volante Léo Sena ganhou mais um capítulo nesta terça (22). O jogador foi vendido do esmeraldino para o Galo em 2020, em 2 de junho deste ano, após empréstimo do meia ao Spezia-ITA, o alvinegro confirmou que vendeu 90% dos diretos dele ao clube italiano, no entanto, o Goiás entende que o Galo não tinha esse direito, por possuir 80% dos direitos. Nesta terça, o Galo informou que repassou 20% do valor que o Goiás tinha direito, mas que o clube goiano devolveu o dinheiro por não concordar com o que ocorreu.

Em nota, o Atlético afirmou que pagou, parcialmente, os 20% que o Goiás tem direito a receber do valor da venda de Léo Sena, O pagamento do Spezia será em duas parcelas, sendo assim, o Galo repassou 20% da primeira parcela, que já foi paga. Mas, “por entendimento diverso” o Goiás devolveu o dinheiro.

O Galo afirma que tem “convicção dos atos que praticou, tanto do ponto de vista jurídico quanto moral”. Além disso, informou que está a disposição do Goiás para esclarecer o que foi necessário.

ENTENDA O CASO
Após o Atlético anunciar a venda de Léo Sena, o Goiás, que tem 20% dos direitos do jogador, notificou o Atlético afirmando que os esmeraldino deveria ter sido consultado nas negociações e que eles não queriam se desfazer desses 20% de que lhe eram de direito.

Em resumo, o Atlético entende que não teria que incluir o Goiás na negociação, apenas repassar os 20% que eram de direito do clube goiano. Já o Goiás entende que deveria ter sido informado sobre a negociação, alegando que não queria negociar sua porcentagem do passe.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top