Olimpíadas

Boxe: Wanderson de Oliveira faz luta movimentada contra cubano, mas perde por decisão dividida nas quartas de final

Wanderson

Wanderson de Oliveira e Andy Cruz protagonizaram um combate movimentado nos pesos-leve na manhã desta terça-feira (3). Porém, o cubano conseguiu conectar mais golpes e conseguiu a classificação para as semifinais em decisão dividida (4 x 1) dos juízes.

                 

+ Ao vivo: confira tudo sobre as Olimpíadas no ENM

Wanderson de Oliveira e Andy Cruz dividiram o centro do ringue nos primeiros momentos da luta e trocaram muitos golpes. O cubano tomava a iniciativa na maioria das vezes, mas o brasileiro sempre contra golpeava com força. Porém, nos instantes finais, os socos de Cruz entraram um pouco mais. Sendo assim, os juízes decidiram, divididos, pela vitória do cubano no primeiro round.

No segundo assalto, o combate continuou equilibrado. Mas o cubano conectava um pouco mais de golpes que o brasileiro. No último minuto, Wanderson encurralou o adversário nas cordas, mas, ainda assim, Andy Cruz conectou mais golpes.

Em busca de uma reação, o brasileiro partiu para cima e apostou nos jabs de esquerda. Mas nos contra golpes, Andy Cruz conectava bons diretos de direita. Wanderson baixou a guarda nos instantes finais da luta e foi golpeado duramente. Sendo assim, o cubano levou a classificação na decisão dos juízes.

LEIA MAIS SOBRE AS OLIMPÍADAS:

+Lucarelli projeta “guerra de saques” contra russos na semifinal das Olimpíadas

+Simone Biles tem presença confirmada na final da trave nas Olimpíadas

+Holandesa tropeça, cai, mas se levanta e vence eliminatória dos 1.500m em Tóquio

+Vela: Brasileiras Martine Grael e Kahena Kunze conquistam segunda medalha de ouro olímpica na 49er FX

Wanderson de Oliveira é nascido e criado no Complexo da Maré, no Rio de Janeiro, e começou no boxe aos 12 anos em um projeto social chamado Luta pela Paz. Atualmente, ele é campeão dos Jogos Sul-Americanos de Cochabamba em 2018 e medalhista em diversos torneios, como a Cologne World Cup, onde levou o ouro.

Além disso, Wanderson de Oliveira passou muito perto de conquistar um pódio no Campeonato Mundial de 2019, quando perdeu nas quartas de final para o indiano Manish Kaushik, exatamente uma fase antes da luta que lhe garantiria um pódio inédito.

Clique para comentar

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

Para o Topo