Chapecoense

Com desfalques e provável mudança na formação, Chapecoense enfrenta o Athletico

Márcio Cunha/Chapecoense

No último domingo (10), a Chapecoense visitou e foi goleada pelo Internacional, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. Agora, nessa quarta-feira (13), a Chape tem como objetivo buscar a primeira vitória em casa. Porém, para conseguir isso na Arena Condá ,o Verdão do Oeste irá contar com alguns desfalques.

A Chapecoense confirmou que seis jogadores não vão estar disponíveis para a partida contra o Furacão. O atacante Bruno Silva teve uma lesão na região anterior da coxa esquerda confirmada e está fora da partida. Outro atacante da Chape que está fora do jogo é Geuvânio, que foi liberado para resolver problemas familiares. Já o meia Denner, por questões contratuais, não pode atuar contra o Athletico, já que está emprestado pelo time paranaense.

Os outros cinco desfalques da Chapecoense são: o meia Renê Júnior que apresentou uma lesão na parte posterior da coxa esquerda, o também meia Felipe Silva, que sofreu uma entorse no tornozelo esquerdo, já no setor defensivo a Chape não contará com o lateral Ezequiel, que teve diagnosticado uma lesão na região anterior da coxa direita, o zagueiro Derlan, que apresentou uma amigdalite bacteriana, e o lateral Busanello, por causa do nascimento da filha.

Para saber tudo da Chapecoense, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook. E se inscreva no nosso YouTube

Apesar de todos os desfalques, a Chapecoense poderá contar com alguns retornos. O artilheiro Perotti está de volta depois de um período de recuperação da lesão. Para partida, a Chapecoense poderá ter uma estreia, o atacante Henrique Almeida foi relacionado após longo período de treinamento para recuperar a forma física. Outros dois retornos para o confronto são o zagueiro Joilson e o volante Alan Santos, que voltam de lesão.

Com todos esses retornos e desfalques, Pintado, e a comissão técnica, pensam em mudar a formação para a partida contra o Furacão. Desde que o treinador foi contratado, a Chapecoense tem jogado em duas formações táticas: o 4-2-3-1 e o 4-4-2. Já para este duelo, o técnico pensa em jogar no 5-3-2. A mudança de esquema tático vem após a goleada sofrida na última rodada contra o Internacional e pelo fato da Chape ter a pior defesa da competição.

Com isso, a Chapecoense já tem uma provável escalação definida. Se o 3-5-2 se confirmar, o Verdão do Oeste irá a campo com: Keiller; Matheus Ribeiro, Joilson, Jordan, Ignácio e Mancha; Anderson Leite, Lima e Moisés Ribeiro; Rodriguinho e Mike.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top