Campeonato Brasileiro - Série B

Agora pela Série B, Cruzeiro reencontra Vila Nova-GO após 18 anos para fugir do Z-4

Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

O Cruzeiro entra em campo, neste sábado (24), às 16h30, diante do Vila Nova-GO, pela 14ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, no Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, mais conhecido como OBA. E a partida marcará o reencontro entre as duas equipes após 18 anos, dessa vez pela Série B, competição que nunca disputaram juntas – além de amistosos, os dois times se enfrentaram pela Copa Centro-Oeste e pela Copa do Brasil. 

A última vez em que duelaram foi em 2003, pela Copa do Brasil, justamente quando o Cruzeiro conquistou o título da competição daquele ano. Agora, pela segunda divisão nacional, a Raposa precisa, e muito, da vitória para fugir da zona do rebaixamento, já que atualmente ocupa a 18ª colocação, com apenas 11 pontos. Além disso, o time celeste precisa superar uma sequência difícil, uma vez que não vence há sete jogos – três derrotas e quatro empates. 

Veja também: Adversários na Série B, Cruzeiro e Vila Nova-GO já decidiram título de abrangência nacional

Já o Vila Nova-GO chega para esse reencontro em uma situação um pouco melhor, já que soma 14 pontos e está em 13º lugar na tabela de classificação. Portanto, em busca de melhores colocações e até mesmo de um tão sonhado acesso, ambas as equipes precisam e buscam a vitória. 

QUEM JOGA? 

O Cruzeiro chega para o duelo com alguns desfalques, como Geovane (lesionado), Henrique (recuperação física), Zé Eduardo (afastado por alterações cardíacas), Marcelo Moreno e Adriano (motivos particulares). Justamente por isso, o time de Mozart deve ir a campo com a seguinte formação: Fábio; Ramon, Rhodolfo e Eduardo Brock; Raúl Cáceres (Norberto), Lucas Ventura, Rômulo e Felipe Augusto (Jean Victor); Marcinho Bruno José e Rafael Sobis. 

Já o Vila Nova deve mandar para campo: Georgemy; Xandão, Renato e Rafael Donato; Lucas Mazetti, Dudu, Arthur Resende, Renan Mota e William Formiga; Henan e Alan Grafite. 

Saiba mais sobre o confronto deste sábado (24): Vila Nova-GO x Cruzeiro: prováveis escalações, desfalques, onde assistir e palpites

QUASE INVICTO… 

Se o retrospecto contar em algo, a Raposa leva vantagem, já que perdeu apenas uma vez em toda a história do confronto, que já dura 55 anos. Além disso, essa derrota única já faz tempo, mais precisamente 22 anos. Isso porque, desde 1999, a Raposa não perde para o time goiano. Na ocasião, os times se enfrentaram pela Copa Centro-Oeste daquele ano. 

Depois disso, as equipes se enfrentaram mais outras duas vezes, com duas vitórias celestes, ambas em 2003, pela Copa do Brasil daquele ano. Desde então, já se passaram 18 anos e as equipes não se enfrentaram novamente. Antes disso o retrospecto já era favorável para a Raposa, já que, antes de perder pela primeira e única vez na história para o Vila Nova, as equipes já haviam se enfrentado seis vezes, com quatro vitórias celestes e apenas dois empates.  

No histórico geral, foram 10 partidas disputadas entre os dois times, com seis vitórias celestes, três empates e apenas uma derrota. Foram, também, 13 gols marcados pelos cruzeirenses e apenas quatro sofridos. E o que será desse reencontro? Para saber, acompanhe todas as emoções da partida, em tempo real, no Esporte News Mundo

Para saber tudo sobre o Cruzeiro, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e Facebook

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top