Mais Esportes

Estreante na Seleção, ponteira Kasiely relembra convocação: ‘Nem dormi’

Kasiely Clemente Itambé/Minas Tênis Clube Praia Clube Seleção Brasileira Brasil Sul-Americano Peru
Foto: William Lucas/Inovafoto/CBV

Após ótima temporada pelo Itambé/Minas Tênis Clube, Kasiely Clemente viu seu nome sair na lista de convocadas para os compromissos pós-Olimpíadas da Seleção Brasileira. Pela primeira vez, a ex-minastenista defenderá o grupo principal, que treinou em Saquarema antes de ir à Colômbia, sede do Sul-Americano de 2021. Na véspera da estreia da Seleção feminina de vôlei pelo Sula, a ponteira passadora Kasiely contou os bastidores da convocação e do próximo ciclo nacional, o qual defenderá o Dentil/Praia Clube, ao Esporte News Mundo.

+ Estrangeiras do Sesi Vôlei Bauru são regularizadas e podem estrear pela equipe

Com títulos importantes, inclusive o Mundial pela Seleção sub-23, o novo reforço do Praia Clube destacou a importância das passagens pelos grandes clubes. Além disso, a atleta comentou sobre sempre estar aprendendo e evoluindo.

– Foi muito importante para mim passar por grandes times nos últimos anos. Jogar em alto nível e conseguir me manter nele me mostra que estou no caminho certo. O amadurecimento dentro de quadra nos ajuda muito. O segredo é buscar sempre jogar, quanto mais se joga mais se aprende. Aprendi muito em cada equipe que passei, amadureci como atleta e venho buscando jogar cada vez mais. Tenho muito ainda pra evoluir e é isso que quero a cada dia – afirmou a campeã da Superliga 20/21.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.

Jogar bem pelo clube é bom, mas ter o maior reconhecimento e ser convocada para representar o país é melhor ainda. Não satisfeita com a presença na lista, Kasiely disse sobre permanecer entre as selecionadas.

– Eu fiquei feliz demais. Nem dormi a primeira noite depois da notícia hahaha. Isso me mostra que de fato estou no caminho certo. Quero trabalhar ao máximo para me manter na Seleção. É muito gostoso estar lá. É uma sensação muito gostosa de sentir – declarou Kasiely.

+ Maique afirma “sentimento de dever cumprido” após a conquista do Sul-Americano de Vôlei

A ponteira ainda contou sobre uma rápida convivência com Paulo Coco, técnico do Praia e auxiliar de José Roberto Guimarães na Seleção, em 2010 e revelou a ansiedade de trabalhar todos os dias com o professor praiano.

– Tive uma pequena experiência com ele em 2010, mas eu era muito novinha, apenas ajudava nos treinos do adulto. Agora é diferente, quero aprender o máximo com ele. Paulinho é um treinador que trabalha muito a parte técnica das atletas, e isso é muito importante, nos faz errar menos e entender melhor o jogo. Estou ansiosa para começar os trabalhos com ele no Praia Clube. Quero aproveitar cada treino – disse Kasiely.

Às 19h30 desta quarta-feira (15), a Seleção feminina entra em quadra contra o Peru pelo primeiro jogo do Sul-Americano. O SporTV 2 fará a transmissão de todas as partidas do Brasil.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top