Seleção Brasileira

Guilherme Arana e Thiago Galhardo se apresentam à Seleção Brasileira

Foto: Divulgação/CBF

Convocados pelo técnico Tite no último sábado, o lateral-esquerdo Guilherme Arana e o atacante Thiago Galhardo já se juntaram à seleção brasileira. O lateral-esquerdo do Atlético-MG, foi convocado por conta de um possível corte de Alex Telles, que segue testando positivo para Covid-19 e sua situação será avaliada neste domingo. Já o atacante do Colorado é o substituto de Pedro, que foi cortado por lesão muscular.

– É um dia inesquecível, né? O próprio Galhardo falou que passou um filme na cabeça dele, até agora minha ficha não caiu. Já tinha vestido a camisa da Seleção de base, a Olímpica, mas agora é um gostinho diferente, é um sonho realizado. Agradeço a Deus, à minha família, que sempre me apoiou e que sempre torceu por mim, por esse momento – declarou Guilherme Arana

Na Seleção Brasileira, Arana terá um reencontro especial com alguém que foi muito importante para sua carreira: o técnico Tite. Foi ele que, em agosto de 2015, promoveu a estreia do lateral pelo time profissional do Corinthians. Na partida, contra o Sport Recife, o jovem viveu um contraste de emoções. Primeiro, deu um passe errado, que acabou ocasionando um gol do adversário. Mas depois se redimiu, sofrendo pênalti que ajudaria o Corinthians a vencer por 4 a 3.

– Tenho muitas histórias com o Tite, foi ele quem me colocou neste cenário do futebol. Na minha estreia, lembro que eu entrei, com apenas 17 anos, e teve um lance em que eu falhei. Logo após consegui reverter sofrendo um pênalti e saímos com a vitória. Ele, ali no estacionamento da (Neo Química) Arena, encontrou minha mãe, chorando de felicidade, também por tudo que aconteceu dentro do jogo. Ele chegou na minha mãe, conversou com ela, disse que eu era muito corajoso. E poder reencontrar o Tite na Seleção é uma satisfação imensa – revelou Arana

Foto:Divulgação/CBF

Já o atacante do Internacional, que é o artilheiro do Campeonato Brasileiro, com 15 gols marcados, revelou como ficou sabendo da notícia.

– O Rodrigo Caetano (executivo de futebol do Internacional) chegou do nada e falou: “vai para a seleção brasileira, o Juninho Paulista quer falar com você”. E peguei o telefone e ele comunicou que iriam me buscar. O avião já estava pronto para decolar, para sair, mas teve que abrir tudo. Nisso que anunciaram, todo mundo começou a bater palmas. Foi uma emoção muito grande, não tem muito o que falar. Na hora, comecei a chorar. Comecei a pensar na minha família. Na hora que eu saí dali até pegar a van, falar com os familiares e com os amigos é uma loucura. É a realização de sonho. Nós jogamos bola para viver isso. Poder estar representando 220 milhões de pessoas é uma honra muito grande para mim – contou. 

Thiago Galhardo revelou que tratou de avisar logo sua mãe da novidade. O motivo: acalmar seu pai, pois ele temia o pico de emoção que a notícia poderia causar. Mais calmo e já com o uniforme da Seleção no corpo, aí ele fez questão de tirar uma selfie enviar para o seu Moacir Rocha. 

– Esse ano tem sido mágico para mim. Hoje eu estou tendo o dia mais feliz da minha vida. Chegar aqui, vestir (a camisa), tá sendo um sonho. Todo mundo mandando mensagem, as coisas mudam muito rapidamente. Você atinge um patamar que você sonha, espera, acredita, mas quando acontece, você pode dizer que está preparado, mas não está. Eu to vivendo um momento mágico. Tenho certeza que meus filhos, quando crescerem, vão ter muito orgulho de mim – disse um emocionado Thiago Galhardo.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top