Futebol americano

Jets focam em reforçar o ataque na abertura da free agency

Jets Uzomah
Foto: Cincinnati Bengals

Depois de um ano pouco produtivo, o New York Jets decidiu aumentar os números do seu ataque e entregou algumas peças para Robert Saleh nesta segunda-feira, 14. A equipe realizou três contratações sendo duas caras novas no elenco e uma apenas a renovação de um jogador que não tinha mais contrato com Nova York.

O primeiro nome foi Tevin Coleman, running back que estava na equipe na temporada passada e foi o segundo em número de jardas corridas da equipe. O novo vínculo é apenas por um ano e 1,1 milhão de dólares (R$ 5,64 milhões de dólares na conversão atual) para dar mais uma chance do corredor mostrar que pode ser uma boa alternativa na franquia. Foram 84 corridas, 356 jardas e nenhum touchdown anotado.

Uma contratação importante para proteger Zach Wilson também foi o foco dos Jets. Para isso, Laken Tomlinson, que estava há cinco anos no San Francisco 49ers, foi adicionada para dar segurança ao time nas jogadas ofensivas e uma maior variedade no ataque. Ao todo serão 40 milhões de dólares (R$ 204,9 milhões) sendo 27 milhões (R$ 138,3 milhões) garantidos pelas próximas temporadas.

Por último, o principal nome e o que mais chama atenção é o de CJ Uzomah. O tight end fez parte da campanha do vice-campeonato dos Bengals em 2021 e chega para ser um dos grandes alvos de Wilson para os próximos anos. O vínculo do jogador com os Jets será válido pelas próximas três temporadas e 24 milhões de dólares (R$ 122,9 milhões). Com Cincinnati, o jogador foi responsável por 49 recepções, 493 jardas e cinco touchdowns no ano passado.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top