Fortaleza

Jussa diz que não esperava demissão de Enderson Moreira e ressalta: ‘Temos que continuar focados’

(Foto: reprodução/TV Leão)

Fortaleza se reapresentou nessa terça-feira (27), visando dar início a preparação para a partida diante do Caucaia, no próximo sábado (1), pelo Campeonato Cearense. A atividade ocorreu no período da tarde, no Centro de Excelência Alcides Santos. Na oportunidade, o volante Matheus Jussa concedeu entrevista coletiva.

Demissão de Enderson Moreira

Após a eliminação da Copa do Nordeste para o Bahia, o treinador Enderson Moreira acabou sendo demitido do Fortaleza. Sobre o fato, Matheus Jussa revela que não esperava a saída do treinador, mas ressalta que o elenco tem que estar preparado para tudo e continuar focados no trabalho:

– A gente tem que estar preparado para tudo. No futebol acontecem essas coisas. Não era esperado, a saída do Enderson, mas tem que manter o nível de trabalho. Temos que continuar focados no trabalho, focar no dia a dia e independente de quem chegue, nós temos que nos adaptar ao trabalho.

Em busca da melhora

Apesar do Fortaleza ter bons números neste começo de temporada, o desempenho dentro de campo vinha sendo abaixo do esperado. Para Jussa, mesmo com os bons resultados que vinham entregando, a equipe sabe que podem melhorar. O volante ressalta que os jogadores buscam melhorar, tanto individualmente, como coletivamente:

– Olha, o futebol é resultado. Então o resultado estava sendo bom, só que a gente sabe que podemos melhorar todos os dias, todos os jogos. Então a gente busca essa melhora. Não podemos achar que tá bom nunca. Temos que estar sempre evoluindo, sempre buscar a melhora. Individualmente ou coletivamente, a gente sempre vai buscar essa melhora.

Grupo unido

Já de olho no próximo treinador que chegar, Matheus Jussa ressalta que o novo comandante irá ter em mãos um elenco unido, focado e aguerrido. Além disso, o volante crê que o técnico chegará para somar:

– O treinador que chegar, eu tenho certeza que ele vai pegar um grupo muito unido, focado e aguerrido. Então ele vai chegar para somar, eu tenho certeza, e com vontade de trabalhar, por que quem não quer estar aqui em um clube como o Fortaleza? Então tenho certeza que ele vai chegar bem motivado.

Tempo e paciência

Para o novo treinador colocar em prática aquilo que tem como ideia e os jogadores absorverem da melhor forma, Matheus Jussa diz que é preciso ter tempo e paciência:

– Ele precisa de tempo. Tem que ter paciência para dar uma sequência boa de trabalho. Com esse tempo a gente vai pegar o método de trabalho do próximo treinador que chegar. Eu tenho certeza que o grupo todo vai bem focado para isso.

Quer jogar

Com a volta do Campeonato Cearense, muito tem sido discutido quanto a utilização da equipe considerada principal ou não na competição competição estadual. Para Jussa, todos os atletas querem jogar, inclusive ele:

– Todo atleta quer estar jogando. A gente tem que respeitar o campeonato, primeiramente. Então não é falar que no Cearense tem que ter um outro elenco. Qualquer tipo de campeonato que tiver, qualquer atleta tem que estar preparado para jogar. Todo mundo quer jogar e eu quero jogar também.

Desclassificação doída

Comentando sobre a desclassificação para o Bahia, que ocorreu na noite do último sábado (24), o volante diz que o resultado acabou sendo doído e que o grupo não esperava por isso. Jussa ressalta que os jogadores estão “querendo mais”, para chegar forte nas próximas competições:

– Essa desclassificação foi doída, não esperávamos. A gente queria chegar muito ao título, queria levantar esse caneco. Então a cada dia que passa, o grupo está querendo mais, para chegar nas finais da Copa do Brasil, do Cearense e chegar forte no Brasileiro.

Para ficar por dentro de tudo que acontece no Fortaleza, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top