Campeonato Mineiro

Missão ‘quase’ impossível? Nas últimas quatro oportunidades que teve, o Cruzeiro só conseguiu reverter uma vez o placar adverso de dois gols

Cruzeiro X América-MG, pela semifinal do Campeonato Mineiro, no estádio Mineirão em Belo Horizonte. Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro
Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

Dentro de sua história, o Cruzeiro tem viradas marcantes sobre seus adversários em decisões de mata-matas: Copa do Brasil de 1996 e 2000, Supercopa de 1991… No entanto, a Raposa, nos últimos anos, não tem tido grandes triunfos quando seu adversário tem a vantagem no placar agregado. Nas últimas quatro oportunidades em que precisava marcar dois gols para reverter um resultado desfavorável, os celestes saíram com o objetivo concluído apenas uma vez.

No domingo (9), a equipe estrelada terá que fazer o que não fez em outras ocasiões para se classificar à final do Campeonato Mineiro. Com a derrota por 2 a 1 para o América no primeiro jogo das semifinais, o Cruzeiro precisa vencer a partida de volta por pelo menos dois gols de diferença. Isso ocorre devido ao regulamento da competição, que favorece o time que ficou à frente na tabela. No caso, o Coelho (2º colocado) terminou a primeira fase do Estadual acima da Raposa (3º colocado).

Veja também: ‘Cruzeiro anuncia a contratação por empréstimo do atacante Guilherme Bissoli’

Em todos os últimos três anos, a Nação Azul pôde assistir eliminações em que os celestes precisavam marcar dois gols para, no mínimo, empatar o confronto e levar a disputa ou à prorrogação, ou aos pênaltis: contra o CRB, em 2020, o Internacional, em 2019, e diante o Boca Juniors, em 2018. Confira os detalhes de todos esses confrontos:

CRB – 2020

O Cruzeiro enfrentou o CRB pela terceira fase da Copa do Brasil. No jogo de ida, o Galo de Campina venceu a Raposa por 2 a 0, no Mineirão, com dois gols do atacante Léo Gamalho. No confronto de volta, os celestes chegaram a abrir o placar, com Marcelo Moreno, mas sofreram o empate novamente pelos pés do artilheiro alagoano, caindo nas fases inicias do torneio.

Léo Gamalho marcou três gols em dois jogos contra o Cruzeiro // Foto: Ailton Cruz / Gazeta de Alagoas
Léo Gamalho marcou três gols em dois jogos contra o Cruzeiro // Foto: Ailton Cruz / Gazeta de Alagoas

INTERNACIONAL – 2019

O Cruzeiro, em meio a conflitos internos, enfrentou o Internacional pela semifinal da Copa do Brasil. No primeiro jogo, disputado em terra mineira, os celestes foram derrotas por 1 a 0. Na segunda partida, precisando de fazer dois gols para se classificar à final, a equipe estrelada perdeu por 3 a 0, no Beira Rio, com direito a dois gols de Paolo Guerrero.

Paolo Guerrero encaminha rescisão contratual com o Internacional // Foto: ROBERTO VINÍCIUS/ESTADÃO
Paolo Guerrero encaminha rescisão contratual com o Internacional // Foto: ROBERTO VINÍCIUS/ESTADÃO

BOCA JUNIORS – 2018

O embate entre Cruzeiro e Boca Juniors ocorreu pelas quartas de final da Copa Libertadores da América. Na oportunidade, os argentinos bateram os brasileiros por 2 a 0 na La Bombonera, tendo a expulsão do zagueiro Dedé como crucial para a definição do resultado. Já no Mineirão, a Raposa conseguiu abrir o placar, mas sofreu o empate no fim e acabou sendo eliminada.

O goleiro Andrada precisou passar por cirurgia após choque com Dedé // Foto: AP
O goleiro Andrada precisou passar por cirurgia após choque com Dedé // Foto: AP

O TRIUNFO

Assim como dito, os celestes conquistaram um dos quatro jogos em que precisava marcar dois gol para reverter uma situação adversa. Esse feito ocorreu em 2018, na final do Campeonato Mineiro. O Cruzeiro enfrentou o Atlético e saiu perdendo no primeiro jogo da decisão por 3 a 1. No entanto, na partida de volta, a Nação Azul pôde comemorar o título Estadual, já que os celestes saíram vitoriosos por 2 a 0.

Cruzeiro levanta a taça de campeão no Mineirão // Foto: Divulgação/Cruzeiro
Cruzeiro levanta a taça de campeão no Mineirão // Foto: Divulgação/Cruzeiro

Para saber tudo sobre Cruzeiro, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top