Lutas

Ngannou revela ameaça do UFC com possibilidade de negociar com equipe de Jake Paul

Francis Ngannou
Divulgação/Facebook UFC Brasil

A disputa contratual entre o UFC e Francis Ngannou pode ter ganho mais um capítulo após o UFC 270. Agora, a rusga envolveu até ameaça de processo e um desafeto de Dana White rondando a cena.

Em entrevista ao programa ‘The MMAHour’, o campeão dos pesos-pesados do Ultimate revelou que seu agente, Maiquel Martin, recebeu uma mensagem da organização na qual esta o ameaçou de processo na Justiça se tivesse qualquer tipo de contato com Nakisa Bidarian, que trabalha ao lado do youtuber e boxeador Jake Paul.

– Quando eu estava indo para a luta, já vestido e tudo, estava esperando meu agente quando ele apareceu meio chocado e perguntei ‘o que houve?’. E ele me disse que receberam um e-mail do UFC dizendo que iriam nos processar se a gente falasse com um tal de Nakisa. Perguntei quem era ele e me falaram que é um cara que é próximo do Jake Paul. Perguntei se ele era um promotor de lutas e eles não sabiam me dizer. Mas eu não sei. Parece que não querem mais falar – disse Ngannou.

LEIA TAMBÉM

+ Brandon Moreno lamenta derrota para Deiveson no UFC 270: ‘Sabe quando você perde e sente que ganhou?”

+ Jon Jones debocha no Twitter após luta entre Ngannou e Gane: “Acabaria com os dois”

Nakisa Bidarian trabalhou no setor das finanças do Ultimate antes de deixar a organização e ir trabalhar para Paul, desafeto do chefão do UFC. Em recente entrevista, Dana White chegou a criticar a presença de seu ex-empregado ao lado do youtuber e o apontou como alguém que pode ter influenciado a postura belicosa do astro das redes sociais contra a política salarial da entidade.

– De novo, nem sabia quem esse cara era. Não saberia o reconhecer se o colocassem na minha frente. E esse cara não é um promotor de lutas e não é como se eu não pudesse falar de boxe com qualquer um. Vivo falando desse assunto – declarou o camaronês.

E é justamente o boxe que vem causando a principal pendência entre Ngannou e o UFC. O camaronês quer que, em seu próximo contrato, possa ter a permissão de fazer uma luta contra o campeão dos pesados da ‘nobre arte’, Tyson Fury. Algo que o Ultimate não estaria desejoso de fazer.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top