Campeonato Brasileiro - Série B

OIiveira, zagueiro do Cruzeiro, projeta partida contra o Grêmio: ‘Jogo difícil’

Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Em um dos jogos mais aguardados da Série B, Cruzeiro e Grêmio se enfrentam neste domingo (8), às 16h, na Arena Independência, em partida válida pela sexta rodada da competição. Os times vivem bom momento, já que estão no G4 e vem de uma sequência sem derrotas. Um dos titulares da equipe mineira, o zagueiro Lucas Oliveira projetou o duelo.

Ele sabe das dificuldades que a Raposa irá encontrar, mas também entende a necessidade dos três pontos. Oliveira também foi questionado sobre o acesso, grande objetivo do clube que não conseguiu nas últimas duas edições.

– Com certeza vai ser um jogo muito difícil, Grêmio é um time muito forte, mas nós estamos mostrando que também somos, então, creio que o jogo pode ser decidido nos detalhes. Precisamos vencer e contamos demais com apoio do torcedor nesse momento, eles podem fazer a diferença e temos que usar o que temos a nosso favor. Sobre terminar entre os quatro ao fim da competição, estamos trabalhando firme por esse objetivo, não podemos perder o foco e achar que já está garantido, temos que ir etapa por etapa.

Um dos principais passadores da Série B, Oliveira é o quarto nesse quesito, sendo o líder do Cruzeiro, com 288 passes certos. Por atuar em uma posição que praticamente não permite o erro, o zagueiro admite que sempre procura evoluir nesse fundamento, apesar dos bons números.

– Me cobro muito quando a questão é passe, pois é uma das minhas características, então quando vejo esses números fico bastante satisfeito, mas nunca acomodado porque sei que ainda tenho bastante a melhorar. Ali atrás uma tomada de decisão equivocada pode gerar um gol do adversário, por isso procuro acertar o máximo de bolas possíveis.

Lucas Oliveira chegou ao Cruzeiro em fevereiro deste ano. O zagueiro já esteve em campo em 16 partidas e ainda não balançou as redes pela Raposa.

Para saber tudo sobre o Cruzeiro, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e Facebook.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top