Flamengo

De xodó da torcida para a final da Libertadores : Ramon vive o seu melhor momento com a camisa do Flamengo 

Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

Aos 20 anos, o jovem lateral-esquerdo Ramon vive o seu melhor momento com a camisa do Flamengo. Atleta criado na base do clube se firmou no banco de reservas e intensificou a briga com René para ser o substituto imediato do Filipe Luís, sob comando do técnico Renato Gaúcho, e agora faz parte do grupo que busca o tricampeão da Libertadores da América diante do Palmeiras, neste sábado (27), no Estádio Centenário, em Montevidéu, no Uruguai.

Siga o ENM no TwitterInstagram Facebook

A temporada de Ramon

Natural de São João de Meriti, região Metropolitana do Rio de Janeiro, o camisa 36 do Flamengo, atuou em 21 jogos na atual temporada, tendo sido titular em 12 oportunidades e mostrou que pode muito bem substituir Filipe Luís, quando for preciso. Na sua disputa particular com o René, Ramon tem uma partida a mais na Libertadores, enquanto um tem quatro participações o outro tem três. Contudo, no ano René ainda foi mais escolhido do que o jovem na temporada 2021, foram 28 vezes, segundo o site ogol.

Com passagem pelo Nova Iguaçu, Ramon Ramos Lima chegou no Ninho do Urubu em 2017 para reforçar o elenco Sub17, e desde então vem acumulando títulos.Na base rubro-negra, “o cerol”, como é conhecido entre os outros jogadores, soma as conquistas da Copa do Brasil Sub17, Supercopa do Brasil Sub20, Copa São Paulo Jr e Brasileiro Sub20. Títulos que fazem o jogador se acostumar com um ambiente vencedor e aguçar cada vez mais a sua vontade de vencer. Campeão Brasileiro de 2020, agora o jovem lateral-esquerdo busca o seu primeiro título internacional com a camisa do Flamengo. O Staff do atleta, que é agenciado pela UJ Football Talent, do empresário Ulisses Jorge, entende que o título coloca Ramon em outro nível no futebol.

+ Torcedores do Flamengo fazem a festa no Uruguai e grupo cobra diretoria por demissão de Renato

Na temporada de 2019, o jovem chegou a defender o clube da Gávea nos profissionais, mas não foi relacionado pelo clube para nenhuma partida da campanha do bicampeonato do Flamengo na Libertadores da América. Com a vinda do treinador espanhol, Domènec Torrent em 2020, Ramon ganhou sua primeira chance de disputar uma Libertadores entre os profissionais. Sempre com muita força ofensiva, Ramon vem chamando atenção nas últimas partidas pela colaboração e bom desempenho no sistema de marcação do técnico Renato Gaúcho.

Só para exemplificar, passa dos 70% o aproveitamento do jogador em duelos vencidos em campo. Na atual Libertadores, Ramon atuou em 4 partidas. O jogador esteve em campo diante Do Unión La Calera do Chile, LDU do Equador, e nas duas partidas com o Olímpia do Paraguai. É bom lembrar, também, que em 105 minutos de Ramon na competição continental, o lateral-esquerdo acumula 2 vitórias e 2 empates. Para o Flamengo que tem o lema “Craque o Flamengo faz em casa”, Ramon é visto como um dos grandes ativos pela atual diretoria. Com contrato até 2025 e multa rescisória que gira em torno de R$ 320 milhões (trezentos e vinte milhões de reais). O jogador já recebeu sondagens de equipes de Portugal e Espanha.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top