Clubes

Conheça mais de Mozart Santos, ex-capitão da Seleção Olímpica e novo técnico do Cruzeiro

Mozart Santos é o novo técnico do Cruzeiro. Com passagens por CSA e Chapecoense, o ex-volante chega à Toca da Raposa para assumir a vaga deixada por Felipe Conceição, demitido na última quarta-feira (9).

Carreira como atleta

Com uma longa carreira no futebol, Mozart já jogou por times de países como China, França, Rússia e Itália, atuando por equipes tradicionais como Reggina-ITA, Livorno-ITA, Spartak-RUS e Bordeaux-FRA. Ele começou sua carreira no Brasil, em 1997, atuando pelo Paraná.

Em solo nacional, sua passagem de maior destaque foi no Coritiba, quando foi convocado e teve a oportunidade de vestir a camisa da Seleção Brasileira pela primeira vez. Nos anos seguintes, ele participou das disputas do Torneio Pré-Olímpico e das Olímpiadas de Sydney, em 2000. Em solo nacional ele também vestiu a camisa de Palmeiras e Flamengo.

Sua carreira teve fim em 2012, aos 33 anos, após atuar alguns meses pelo Nanchang Bayi Hengyuan-CHI.

Mozart - Que fim levou? - Terceiro Tempo
Jogando na Europa, Mozart enfrentou adversários como Felipe Melo e a Juventus (Foto: Reprodução/Zimbio)

Experiências como capitão

Durante seus tempos na Europa, Mozart foi capitão do Reggina e do Spartak, por onde teve melhores passagens em solo europeu. No time italiano, atuou ao lado de Nakamura, sensação do futebol japonês que debutou na Europa durante os anos 2000. Aquele período foi marcante para o time da cidade de Reggio Calabria, que retornava à primeira divisão após um dolorido rebaixamento dois anos antes e disputava a Serie A pela segunda vez em sua história.

Reggina, che aneddoti di Mozart! "Nakamura tirchio, e quante sigarette  fumava Mazzarri". Poi il dialetto, le partite con Ronaldinho e le sirene di  Roma e Juve | Stretto Web
Foto: Getty Images

Pela Seleção, ele também ostentou a braçadeira, sendo capitão da equipe olímpica em algumas oportunidades. Em sua geração, atuou ao lado de nomes como Ronaldinho Gaúcho e Alex e foi comandado por Vanderlei Luxemburgo

Brasil Campeão Torneio Pré-olímpico 2000 Poster Placar Avuls | Mercado Livre
Foto: Reprodução/Internet

Carreira como treinador

Como técnico, Mozart teve seu trabalho de maior destaque no CSA, onde trabalhou com Rodrigo Pastana, novo diretor de futebol do Cruzeiro. Ele comandou o Azulão entre setembro de 2020 e abril de 2021, realizando 21 jogos no período e obtendo um aproveitamento de 63%. Ele deixou a equipe alagoana para assumir a vaga de treinador da Chapecoense, onde foi demitido com apenas oito jogos, após perder a final do Catarinense para o Avaí.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top