Coritiba

Thiago Gasparino anuncia desligamento do Coritiba, veja o que se sabe até agora

Coritiba Thiago Gasparino
Foto: Coritiba

Diante do agravamento do quadro clínico de Renato Follador, contaminado com a Covid-19, o primeiro vice-presidente, Juarez Moraes e Silva, assumiu a presidência interinamente do Coritiba, enquanto Follador se recupera e segue inapto a exercer as atividades. O último boletim médico publicado pelo Hospital do Rocio, de Sábado (12), apontava uma leve piora do presidente, que passou pelo processo de sedação. Na segunda-feira (14), Renato completa duas semanas em internação após contrair Covid-19.

A manhã de segunda-feira foi ainda mais agitada: além da troca de presidência, o gerente de mercado, captação e prospecção do Coritiba, Thiago Gasparino, que assumiu o cargo no início de 2021, pediu seu desligamento do clube. Segundo apurado pelo ENM, a retirada de Gasparino vem para assumir um novo cargo, em um time do interior de São Paulo, e o desligamento aconteceu de forma amistosa. De acordo com a jornalista Nadja Mauad, o novo clube seria o Inter de Limeira.

O profissional confirmou seu desligamento através de uma postagem no instagram, onde defendeu o trabalho prestado ao Coritiba. Confira:

Thiago Gasparino desligamento
Gasparino deixa o Coritiba na manhã de segunda-feira (14), após empate com o Londrina

+ Para ficar ligado em tudo o que acontece com o Coritiba, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.

As alterações no administrativo do clube já começaram com a demissão de José Carlos Brunoro, em 16 de Maio, quando o Coritiba foi eliminado na Fase I do Campeonato Paranaense pela primeira vez em mais de vinte anos. O substituto de Thiago Gasparino ainda é uma incógnita, mas a diretoria deve se reunir nos próximos dias para debater novos nomes.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top