Lutas

Jorge Masvidal detona rivais de Usman e diz que nigeriano ‘passou da linha’

Masvidal x Usman
Divulgação/Facebook UFC Brasil

Jorge Masvidal terá uma segunda chance de tentar derrotar Kamaru Usman neste sábado (24) na luta principal do UFC 261, em Jacksonville. Um novo encontro em que o ‘Gamebred’ está disposto a mostrar uma postura diferente diante do desafeto.

Mas uma coisa que não mudou é a vontade do americano de provocar e criticar seus adversários. Em entrevista à ESPN estadunidense, o desafiante ao cinturão dos meio-médios voltou a disparar contra o rival e afirmou que quer ‘calar a boca’ do nigeriano que teria ‘passado da linha’ com declarações feitas relacionadas a si.

— Estou pronto, quero calar a boca desse m***. Será algo violento do começo ao fim, irei expor o covarde que Kamaru é. Digo isso de verdade porque ele é um covarde. Ele disse muitas coisas que passaram da linha. Vamos lá e a gente vai ver quem é homem de verdade e quem não é – disparou Masvidal.

Para criticar o nigeriano, vale até mesmo apontar falhas em rivais recentes do campeão, como Colby Covington e Gilbert Durinho. Como os três tem certa origem em luta no chão, Masvidal acredita que nenhum destes seria capaz de aguentar um estilo brigador tal qual o ‘Gamebred’ se notabilizou em sua ascensão recente na carreira.

— O último cara que ele venceu (Durinho) é do jiu-jítsu e antes ele quebrou a mandíbula de um wrestler bem frágil (Covington). Eles não são caras que são ‘feitos de pedra’. Não são caras que vivem disso (cerra o punho). Esses caras que o Usman venceu em pé são aqueles que gostam de lutar ‘abraçadinho’ com o outro e essas coisas. Não luto para isso. Não ganho meu dinheiro assim. As pessoas me pagam porque eu dou aquilo que elas querem ver: entretenimento e nada além de violência – disse.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram Facebook

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top