Futebol Internacional

Atlético de Madrid é dominado pelo Bilbao e vaga na Champions segue ameaçada

Foto: Ander Gillenea / AFP via Getty Images

Em ótima atuação de Iñaki Williams, o Athletic Bilbao venceu o Atlético de Madrid por 2 a 0, neste sábado (30), no Estádio San Mamés, pela 33ª rodada do Campeonato Italiano. O resultado colocou a equipe do País Basco na oitava colocação com 51 pontos e a manteve na briga por uma vaga na Conference League. Do lado Colchonero, a derrota representou o segundo resultado negativo consecutivo e uma ameaça à vaga na próxima edição da UEFA Champions League. O time está em quarto lugar com 61 pontos, mas pode ver a diferença cair para apenas um ponto, caso o Real Betis – atual quinto colocado – vença o Getafe fora de casa, neste domingo (1).

1º TEMPO

O Athletic Bilbao dominou as ações desde o apito inicial do árbitro. O meio-campo acionava com frequência Iñaki Williams no comando de ataque e a zaga do Atlético de Madrid tinha de dificuldades para conter os avanços e as armações de jogada do camisa 9. Aos 7’, ele ajeitou na entrada da área para o chute de Raul Garcia, que acabou passando por cima do gol de Oblak. No minuto seguinte, a equipe da casa abriu o placar: o centroavante do Bilbao ganhou no corpo de Giménez, entrou na área pela lado esquerdo e tentou o cruzamento rasteiro, mas Hermoso desviou contra a própria meta e fez o primeiro gol do jogo.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.

Aos 13’, quase o segundo do Bilbao: mais uma vez, Iñaki Williams recebeu pelo lado esquerdo e cruzou na área; a bola passou por todo mundo e explodiu na trave esquerda de Oblak, antes de sair pela linha de fundo. A equipe da casa diminuiu a intensidade, mas o Atlético de Madrid não conseguia ficar com a posse de bola para tentar agredir o adversário. O primeiro chute a gol dos visitantes aconteceu aos 37”, quando Kondogbia finalizou colocado da entrada da área e a bola passou rente à trave direita de Unai Simón.

Na reta final do primeiro tempo, o Atlético de Madrid tentou pressionar um pouco mais e quase empatou a partida. Já nos acréscimos, Carrasco avançou da direita para o meio, entrou na área e finalizou. A bola desviou na zaga e passou perto do canto direito do goleiro do Bilbao, antes de sair pela linha de fundo.

2º TEMPO

Na volta do intervalo, o Atlético de Madrid resolveu adotar uma nova postura e quase foi recompensado logo aos 6’. Griezmann cobrou forte a falta da entrada da área e a bola explodiu no travessão de Unai Simón. O castigo, no entanto, veio aos 10’. Renan Lodi errou o passe para Herrera na saída de bola, Muniain fez o desarme, foi derrubado na área e o árbitro marcou o pênalti. Na cobrança, Iñaki Williams bateu de cavadinha no meio para fazer o seu segundo gol no jogo e ampliar o placar.

+ City goleia Leeds e se mantém no topo da tabela

+ Com dois de Rodrygo, Real Madrid goleia Espanyol e conquista o Campeonato Espanhol

O Atlético de Madrid parecia não ter forças para reagir e o enredo do primeiro tempo se repetiu na etapa final. Enquanto que o Athletic Bilbao mantinha a posse de bola, mas com poucas finalizações à meta de Oblak, o Colchoneros cometiam muitos erros técnicos no campo de ataque e não levavam perigo ao gol de Unai Simón. O momento mais importante da etapa complementar foi a queda de energia aos 12’, que logo foi reestabelecida.

O Athletic Bilbao volta a campo no próximo sábado (7), quando recebe o Valencia por mais uma rodada da La Liga. O Atlético de Madrid tem clássico no domingo (8), contra o campeão espanhol Real Madrid, no Estádio Wanda Metropolitano.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top