Geral

Keno Marley conquista a prata no Mundial de Boxe em luta equilibrada

Divulgação/Twitter COB

O Brasil teve mais um sucesso no boxe em 2021. Nesta sexta-feira (5), Keno Marley conquistou a medalha de prata no Mundial de Belgrado (SRB), perdendo a final da categoria até 86kg para Loren Dominguez, boxeador cubano naturalizado azeri.

A luta em si foi bem disputada e com pouco engajamento de ambos nos minutos iniciais, apesar do brasileiro ter mostrado alguma mobilidade. Com os jurados dando o round para o azeri, Keno foi ao ataque e conseguiu alguns momentos de imposição na luta.

O duelo seguiu esta forma até o round final, quando Dominguez passou a deixar o duelo mais morno, abusando do clinche para segurar o ímpeto do brasileiro. Ao final, a decisão foi 3 a 2 a favor do lutador do Azerbaijão.

LEIA TAMBÉM

+ Provocações e empurrão de Usman em Covington marcam coletiva do UFC 268

+ Alex Poatan diz que não vem para o UFC para enfrentar Adesanya: “Penso no cinturão em primeiro lugar”

Até a final, o brasileiro vinha invicto e tendo vencido todas a lutas por 5 a 0 (decisão unânime). Nas Olimpíadas de Tóquio, Keno Marley, que teve que disputar a categoria até 81kg (já que não existiu nos jogos a faixa de peso pela qual lutou no Mundial), foi eliminado nas quartas de final enquanto que o azeri foi bronze.

A prata de Keno Marley Machado não interrompeu o jejum de ouros masculinos do Brasil em Mundiais de Boxe da Aiba (Associação Internacional de Boxe Amador). Apenas um lutador do país (Éverton Lopes, em 2011), foi agraciado com o lugar mais alto do pódio na competição. E foi a oitava vez que o país teve um medalhista na competição.

Enquanto isso, Roseli Feitosa (2010) e Beatriz Ferreira (2019) foram as campeãs mundiais nas divisões femininas do Boxe. Em dezembro, será a vez de Beatriz defender o título dos leves na disputa do Mundial d

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top