Mais Esportes

Pela sexta vez, Djokovic e Nadal disputam a final do Aberto de Roma

Aberto de Roma Masters 1000 Rafael Nadal Novak Djokovic
Foto: Chryslene Caillaud/Panoramic via Imago Images

2009, 2011, 2012, 2014, 2019 e 2021. Imparáveis, Novak Djokovic e Rafael Nadal conquistaram, na tarde deste sábado (15), mais uma vez vaga na final do Aberto de Roma, no Foro Itálico, e farão pela sexta vez a final do Masters italiano. Agora, os números #1 e #3 do ranking mundial, respectivamente, ocupam a primeira colocação em decisões mais repetidas de ATP 1000 (14 ao todo) e da categoria no saibro (dez) desde 1990. De um lado da chave, Nole derrotou Lorenzo Sonego, enquanto Nadal superou o estadunidense Reilly Opelka.

+ Barty abandona por causa de dores no braço direito e Nadal bate Zverev nas quartas do Aberto de Roma

O Rei do Saibro

Recém-campeão do Aberto de Barcelona, o espanhol detentor de 20 Grand Slams aplicou um duplo 6/4 sobre o #47 do mundo e carimbou o passaporte para a final de Roma em 1h33. Apesar da grande quantidade de aces de Opelka e da potência no fundamento, Nadal foi melhor durante os games de serviço e salvou as quatro oportunidades de quebra. O ‘rei do saibro’, entretanto, precisou de sete bolas de break para vencer duas e saltar na frente do rival. Com 100% de aproveitamento no saque, o eneacampeão da competição deixou para trás a campanha de 2020 e vai em busca de mais um título na terra batida.

A Fênix Djokovic

Os últimos jogos não foram os dos mais fáceis para o maior vencedor de Masters 1000. Nas quartas de final, Djokovic saiu de uma situação quase irreversível ao virar para cima do grego Stefanos Tsitsipas (4/6, 7/5 e 7/5) em dois longos dias, já que a partida começou na sexta-feira (14) e só foi finalizada na manhã deste sábado, 15, por conta da forte chuva que atingiu o complexo. Depois de bater Tsitsipas em uma batalha de mais de três horas, Djoko voltou à quadra para duelar com Lorenzo Sonego, da Itália.

Sonego, que também jogou duas partidas em um único dia, não vendeu barato a vitória para o líder do ranking mundial. Em pouco mais de trinta minutos de primeiro set, o campeão do Aberto de Roma de 2020 fez 6/3, mas viu o adversário deixar tudo igual ao elevar o nível de tênis durante o tie-break da segunda parcial. No set decisivo, o sérvio permitiu apenas dois games ao italiano e confirmou a presença na decisão diante de Rafael Nadal.

Nadal x Djoko

A última vez que os tenistas se enfrentaram em uma final foi em Roland Garros 2020, a qual Rafa Nadal sagrou-se campeão e ergueu o vigésimo titulo de Grand Slam da carreira. Neste domingo (16), às 12h (horário de Brasília), o Grupo Disney transmite ao vivo o duelo de gigantes.

Clique aqui e veja a chave feminina do Aberto de Roma.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top