Cruzeiro

Presidente do Cruzeiro contesta gol anulado: ‘Absurdo o que aconteceu’

Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

O Cruzeiro empatou com o Operário, nesta quinta-feira (16), na Arena do Jacaré, recém-nomeada como Arena Buser, pela 24ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O placar terminou marcando 1 a 1. Porém, a equipe mineira teve um gol anulado no fim da partida, após longa análise do VAR. O presidente da Raposa reclamou ao fim da partida. 

Em suas redes sociais, Sérgio Santos Rodrigues citou a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e declarou ser um absurdo o lance ter sido anulado. Conforme o árbitro da partida, foi alegado que a bola havia tocado no braço de Marco Antônio, que deu assistência. 

– É assim mesmo @CBF_Futebol que vocês querem impedir a gente de subir???? A-B-S-U-R-D-O Lance é inconclusivo, o mínimo que tinha que ser feito era manter o resultado de campo!! ABSURDO O QUE ACONTECEU HOJE! –, disse.

Confira a postagem do presidente do Cruzeiro: 

Além disso, o presidente do Cruzeiro relatou que “já que fora do campo será assim”, o time jogará em dobro: “Vamos torcida, vamos time! Vamos ganhar dentro pra não dar margem”. Confira a postagem nas redes sociais:

Com o gol que garantia a vitória celeste anulado, o Cruzeiro somou apenas um ponto e chegou aos 30 na Série B, ganhando uma posição na tabela de classificação e assumindo o 12 º lugar.  

Marcelo Moreno, atacante do Cruzeiro e autor do gol anulado, também reclamou após o fim da partida. Confira: Marcelo Moreno reclama da arbitragem após gol anulado do Cruzeiro: ‘Não vai ser assim que vamos subir’

Para saber tudo sobre o Cruzeiro, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e Facebook

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top