Copa América

Reinaldo Rueda exalta criatividade do grupo na estreia da Copa América: ‘Essa fantasia de jogadores talentosos fez a diferença’

Reinaldo Rueda
Foto: Reprodução/Twitter FCF

A Seleção da Colômbia bateu o Equador por 1 a 0, neste domingo (13), na estreia da Copa América, na Arena Pantanal. A partida trouxe a equipe de Reinaldo Rueda à primeira colocação do Grupo A (Brasil, Colômbia, Equador, Peru e Venezuela) ao lado do Brasil, que também venceu na rodada – 3 a 0 sobre a Venezuela. O técnico do time colombiano exaltou a criação de seus jogadores no duelo, principalmente o meia Edwin e o versátil Cuadrado.

– Hoje acho que essa criatividade, essa fantasia de jogadores talentosos fez a diferença. Edwin e Juan Guillermo se comunicaram, elaboraram. Os homens que escolheram uma alternativa hoje foram muito diligentes. Sabíamos que era uma partida muito disputada, às vezes com muitos atritos, talvez o rival, com sua velocidade de ação, não nos deixasse fazer o jogo que a Colômbia poderia ter feito -, analisou Rueda.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

Ainda em fase de construção do time, o comandante da Colômbia atentou que ainda há trabalho pela frente para estruturar a equipe, e algumas arestas não foram bem executadas na partida vitoriosa contra o Equador.

+Com boa atuação, Brasil vence a Venezuela na estreia da Copa América

– Não trabalhamos nas últimas 48 horas, eles trabalharam antes do segundo jogo da eliminatória (pela Copa do Mundo contra a Argentina, disputada em 8 de junho). Nos faltou uma boa conceituação para termos aumentado as situações de pontuação, mas não será muito fácil porque nestes dias temos uma pausa no final da fase de grupos. Talvez naquela semana possamos fazer algum trabalho.

+‘Nosso pedido foi de não sediar a copa no Brasil’, diz Casemiro sobre desejo dos atletas

O próximo compromisso colombiano é contra a Venezuela, nesta quinta-feira (17). O jogo será realizado no Estádio Olímpico Pedro Ludovico Teixeira, em Goiás, às 18h.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top