Mais Esportes

Sesc RJ Flamengo derrota Curitiba fora de casa e se recupera na Superliga

Sesc-Flamengo
Foto: Wander Roberto/Inovafoto/CBV

Em duelo duríssimo de mais de duas horas, o Sesc RJ Flamengo superou o Curitiba Vôlei por 3 sets a 2, na noite desta terça-feira (15), na capital paranaense. O jogo, válido pela quarta rodada da Superliga Banco do Brasil, havia sido adiado devido ao surto de COVID-19 na equipe carioca.

O elenco rubro-negro voltou a ocupar a quinta colocação na competição, com 14 pontos, porém, ainda tem três jogos a menos.

Campanha Superliga 20/21Sesc RJ Flamengo
1ª rodada: 3×1 Brasília Vôlei
2ª rodada:3×0 São Caetano
3ª rodada:3×0 Pinheiros
4ª rodada:3×2 Curitiba Vôlei
5ª rodada:Fluminense – ADIADO
6ª rodada: 3×0 São Paulo/Barueri
7ª rodada:0x3 Osasco Audax/São Cristóvão Saúde
8ª rodada: Vôlei SESI/Bauru – ADIADO
9ª rodada: 0x3 Itambé/Minas
10ª rodada:São José dos Pinhais – ADIADO

ESCALAÇÃO

Bernardinho, técnico do Sesc-Flamengo, optou por iniciar a partida com a seguinte formação: Juma, Ana Cristina, Amanda, Gabirú, Valquíria, Juciely e a líbero Camila Gomes. Do outro lado, Bruna, Pietra, Milena, Lays, Valeskinha, Ivna e a líbero Ju Perdigão compuseram o Curitiba.

O JOGO

Durante o primeiro set, as atletas do Flamengo cederam muitos pontos às donas da casa que, consequentemente, mantiveram uma vantagem confortável. Com instabilidade no fundamento de saque, as campeãs do Carioca perderam o set por 17×25.

A levantadora Fabíola e a oposta Lorenne começaram o segundo set em quadra, reforçando o time do Sesc RJ Flamengo. O Curitiba sentiu o bom momento das adversárias e não conseguiu manter o ritmo agressivo. Sendo assim, a central Valquíria dominou a rede rubro-negra e garantiu o empate, com a parcial de 25×16.

No terceiro set, o time comandado por Bernardinho voltou a falhar e deu sete pontos de graça às rivais. A diferença do Curitiba chegou a passar de cinco, mas Gabirú entrou muito bem para sacar e diminuiu. Apesar da recuperação carioca, o atual oitavo colocado na Superliga fechou o set em 25×22 e fez 2 a 1.

Com outra postura e mentalidade, o Sesc RJ Flamengo cometeu pouco erros no quarto set e deixou tudo igual novamente. Com a parcial de 25×21, o clube vice-campeão do Super Vôlei levou a disputa para o tie-break.

Embaladas e com o brilhantismo da ponteira Ana Cristina no saque, o Sesc-Flamengo atropelou o Curitiba e confirmou a vitória fora de casa por 15×6.

TROFÉU VIVA VÔLEI

Peça fundamental no jogo, a meio de rede Valquíria foi eleita a melhor em quadra e recebeu o Troféu Viva Vôlei. Além de parabenizar as companheiras, a jogadora elogiou as adversárias.

– Foi um jogo bem difícil, estressante. O Curitiba Vôlei está de parabéns, pois criaram muita dificuldade para nosso time. Começamos com um ritmo morno, errando demais. E com aquela quantidade de erro fica difícil de jogar. Estou orgulhosa da nossa equipe. Buscamos o jogo e mesmo com dificuldade conseguimos reverter o placar e ganhar por 3 a 2, até com certa facilidade no tie break – analisou Valquíria.

PRÓXIMA RODADA

O próximo compromisso do Sesc RJ Flamengo acontecerá na próxima terça, 22, no Rio de Janeiro, contra o Dentil/Praia Clube, único invicto na Superliga. Para o duelo, Valquíria comentou da importância de todo o elenco estar bem fisicamente.

– É um passo de cada vez mesmo. Realmente precisamos ajustar muita coisa, pegar ritmo e botar todas as jogadoras em condições. A Superliga é muito longa e vamos precisar de todo mundo. Temos muito trabalho, e um trabalho duro pela frente. Repito que estou muito feliz pelo nosso time, pela nossa vitória hoje. Aos pouquinhos vamos construindo os alicerces para encarar bem tudo o que virá pela frente – afirmou a central.

OUTROS RESULTADOS

  • Brasília Vôlei 3×1 São Caetano EC
  • SESI Vôlei Bauru 1×3 Itambé/Minas

Siga os perfis do Esporte News Mundo no TWITTER, INSTAGRAM e FACEBOOK.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top