Lutas

Evento com Anderson Silva e Floyd Mayweather é adiado nos Emirados Árabes; entenda

Reprodução/Instagram Anderson Silva

Neste sábado (14), aconteceria o Global Titans Fighting, evento de boxe que seria realizado em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos e que reuniria Anderson Silva e Floyd Mayweather Jr. Mas nesta sexta-feira (14), o card foi cancelado.

O motivo pelo cancelamento, de acordo com o Combate, foi a morte do presidente dos Emirados Árabes, Khalifa bin Zayed Al Nayhan, acontecida nesta sexta-feira. O dirigente, que tinha 73 anos, teve seu falecimento anunciado pela agência de notícias do país, a WAM. A causa da morte não foi revelada, mas devido a um derrame sofrido em 2014, vinha afastado de aparições públicas.

LEIA TAMBÉM

+ Nate Diaz tira foto ‘bizarra’ e provoca UFC: ‘Eles não vão me demitir’

+ Amanda Ribas revela ‘obsessão’ por cinturão antes de duelo pelo UFC

Al Nahyan era também o emir de Abu Dhabi, um dos sete emirados que fazem parte da nação e é meio-irmão do dono do Manchester City, Mansour bin Zayed Al Nahyan. Por conta de seu falecimento, foi decretado luto oficial de 40 dias no país, além de bandeiras a meio-mastro. Por conta da comoção, o evento de boxe não poderá ser realizado assim como todos os eventos que estavam marcados para o período.

O Global Titans Fighting estava marcado para acontecer no heliporto de um hotel de Dubai e teria Anderson Silva voltando ao ringues para uma luta contra o também brasileiro Bruno Caveira. Esta seria a terceira incursão do ‘Spider’ na nobre arte desde que deixou o UFC.

A luta do brasileiro seria preliminar do duelo de Floyd Mayweather Jr. ‘Money’, que desde o fim da carreira profissional tem se dedicado apenas a fazer lutas de exibição. iria lutar contra Don Moore no main event do card. Os organizadores do evento já haviam preparado o heliporto para receber o ringue e as estruturas e haveria a pesagem oficial nesta sexta-feira.

Uma nova data para o evento está sendo conversada pela organização deste. Restará saber se o ‘Spider’ e Mayweather seguirão com suas lutas mantidas com a possibilidade de remarcação.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top