Campeonato Mineiro

Atuações ENM: Sóbis marca e Felipe Conceição manda mal nas substituições; veja notas

Atuações ENM: Sóbis marca e Felipe Conceição manda mal nas substituições; veja notas
Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

O Cruzeiro fez uma partida sólida, mas pecou na finalização e após um lapso de concentração nos minutos finais, saiu de campo derrotado pelo América-MG, por 2 a 1. O gol da Raposa saiu no primeiro tempo, com Rafael Sóbis, e o Coelho, no finzinho da partida, virou com gols de Alê e Ademir. Agora, o time celeste precisa de vencer por dois gols de diferença para se classificar para a final do Campeonato Mineiro 2021.

Primeiro tempo

Como entrou na semifinal com desvantagem em relação ao América-MG, já que o Coelho joga por dois empates ou vitória e derrota com mesma diferença de gols, o Cruzeiro iniciou a partida tentando propor jogo, mantendo a posse de bola e buscando espaços na fechada defesa americana. Com a Raposa em cima, foi Matheus Cavichioli, goleiro da equipe alviverde, que trabalhou primeiro, parando chute de Airton. Mas apesar de ficar mais com a bola, o time celeste tinha problemas para conseguir furar a defesa adversária.

Como o Cruzeiro tinha dificuldades para atacar, o América passou a se soltar e obrigou Fábio a operar alguns milagres. Por sua vez, a Raposa também levava certo perigo à Cavichioli. E quando o primeiro tempo se encaminhava para seus momentos finais, Raul Cáceres achou Bruno José com um belo lançamento e o ponta foi para o fundo e cruzou para trás, achando Rafael Sóbis dentro da área. O camisa 10 celeste não vacilou e, de perna esquerda, balançou as redes do Mineirão.

Após o gol, o Cruzeiro ainda teve uma grande de chance de gol com Bruno José, mas o ponta não conseguiu finalizar e a defesa do América se salvou. Com isso, as equipes foram para o intervalo com 1 a 0 no placar.

Veja também: Conheça o atacante Guilherme Bissoli, novo reforço do Cruzeiro

Airton deu trabalho ao América – Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

Segundo tempo

Precisando do gol para se manter em vantagem na semifinal, o América voltou atacando o Cruzeiro, abdicando da postura mais retraída do primeiro tempo. E a melhor chance do Coelho saiu dos pés de Rodolfo, que recebeu belo passe na cara do gol e chutou no travessão. Apesar da necessidade do time alvinegro, foi a Raposa que balançou as redes, com Airton, mas o gol foi anulado, com intervenção do VAR. O camisa 7 voltou a dar trabalho já no lance seguinte à anulação, chutando de fora e fazendo com que Matheus Cavichioli precisasse executar grande defesa.

Apesar do início quente, o jogo esfriou com o passar dos minutos e as chances se tornaram mais esporádicas. Já nos minutos finais, o América passou a atacar mais e, muito retraído, o Cruzeiro aceitou a pressão adversária. Sem conseguir levar perigo, o time celeste foi punido na bola parada, com um gol de cabeça de Alê, após cobrança de escanteio. E quando o jogo parecia se encaminhar para o empate, Ademir aproveitou falha na defesa da Raposa e virou a partida, colocando 2 a 1 no placar e dando números finais ao confronto.

Mandou bem

Rafael Sóbis – 7,5

Incansável, Rafael Sóbis correu todo o campo, ajudou a marcar, criar e ainda balançou as redes, fazendo o gol celeste na partida. Apesar de completar seu terceiro gol contra o América, defendendo o Cruzeiro, esta foi primeira vez que Sóbis marcou com a bola rolando. Foi substituído na segunda etapa.

Fábio – 6,5

Fábio voltou a ter ótima atuação e salvou o Cruzeiro em diversas oportunidades durante o jogo. Vive grande fase o ídolo celeste. Não teve culpa nos dois gols sofridos pela Raposa.

Ficou devendo

Weverton – 4

O jovem zagueiro celeste fez sua pior partida desde que estreou como profissional. Apesar de ter conseguido executar alguns bons passes, Weverton falhou em diversas oportunidades no jogo, incluindo no gol da virada americana, quando ele poderia ter tentado fazer o corte.

Felipe Conceição

As substituições do treinador foram ruins e foi nítida a queda de rendimento da equipe com as mudanças. O Cruzeiro passou os últimos minutos acuado e com uma forma de jogar irreconhecível em relação ao que vinha apresentando, tanto nas partidas anteriores, quanto em parte do confronto de hoje.

Atuações ENM: Sóbis marca e Felipe Conceição manda mal nas substituições; veja notas
Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

Atuações

Fábio – 6,5
Cáceres – 5
Weverton – 4
Ramon – 5
Matheus Pereira – 5
Adriano – 6
(Matheus Neris) – 4
Matheus Barbosa – 5
(Jadson) – 4
Rômulo – 5,5
Bruno José – 6,5
(Felipe Augusto) – 4
Airton – 6
(Stênio) – 4
Rafael Sóbis – 7,5
(William Pottker) – 4
Técnico: Felipe Conceição – 4

Para saber tudo sobre o Cruzeiro, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram Facebook.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top