Guarani

Davó reconhece deficiências ofensivas pelo Guarani: ‘Evoluir sempre’

Davó reconhece deficiências ofensivas pelo Guarani: 'Evoluir sempre'
Crédito: Thomaz Marostegan / Guarani FC

Davó adotou discurso de humildade, em coletiva de imprensa, para reconhecer as principais deficiências apresentadas nesta segunda passagem pelo Guarani.

Ainda em busca do primeiro gol após contribuir com duas assistências nos dois primeiros jogos, atacante externalizou os pontos falhos no sistema ofensivo do Bugre.

+ Centralizado ou ponta? Davó detalha preferência por posição no Guarani

“Eu acho que posso evoluir nos três (finalização, um contra um e aspecto tático). Eu me cobro para estar sempre em alto nível. Jogador de alto nível tem que sempre evoluir. Eu acho que é em finalização, no um contra um e nas arrancadas sempre a gente dar mais, taticamente também. Estou trabalhando todo dia, trabalhando duro e trabalhando sério para que isso daí possa acontecer dentro de campo”, pontou, em coletiva de imprensa.

Davó também foi questionado a respeito da negociação envolvendo o Corinthians e se houve arrependimento por ter optado pela transferência à capital paulista em um momento de pouca experiência no futebol.

“Eu não consigo ter essa conclusão ainda, porque foi tudo muito rápido e muito novo para mim. Eu acredito, sim, que lá (Corinthians) foi uma boa experiência para mim e uma boa rodagem. Assim como você falou, volto para o Guarani, podendo ajudar o time, mais experiente, com mais bagagem e estou feliz com isso”, pontuou

“A gente sabe que o futebol não é 100% certeza. A minha vontade e o meu foco, agora, é o Guarani. Tanto é que a primeira oportunidade que veio de retornar eu não pensei duas vezes. Então o meu foco é o Guarani. Agora, o meu pensamento é só o Guarani e nesse Campeonato Paulista”, fechou.

TABELA

Embalado por duas vitórias nos três últimos jogos, Guarani volta a campo pelo Campeonato Paulista neste domingo, 02 de maio, diante do Novorizontino, no Brinco de Ouro da Princesa, às 20h.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top