Ponte Preta

Moreno elogia atuação defensiva da Ponte Preta: ‘Vale destacar evolução’

Moreno elogia atuação defensiva da Ponte Preta: 'Vale destacar evolução'
Crédito: Ivan Storti / Santos FC

Fábio Moreno saiu em defesa do sistema defensivo da Ponte Preta após vitória em cima do Santos, na última sexta-feira à noite, pelo placar de 3 a 0.

Com segundo clean sheet consecutivo no Campeonato Paulista. treinador elogiou o comportamento da primeira linha da Macaca, tão criticada ao longo da última edição da Série B do Campeonato Brasileiro.

+ Moreno cita trabalho emocional na Ponte Preta: ‘Cobramos no vestiário’

“Eu gostaria só ressaltar que a defesa da Ponte Preta é muito cobrada. Ao longo da outra temporada, mas vale destacar a evolução deles, o comprometimento tático e o esforço físico que eles executaram. Eles vêm melhorando gradativamente. A gente fica também muito satisfeito de não ter sofrido gols. Isso daí gera confiança e gera uma melhora de personalidade deles. Com certeza, só tem a ganhar a Ponte Preta”, afirmou.

SURTIU EFEITO

Cirúrgica, Ponte Preta contou com primeiro tempo primoroso para carimbar segundo resultado positivo em sequência no Estadual.

Moreno ficou satisfeito pelo fato de o time campineiro ter transportado para campo todos os aspectos treinados ao longo da semana livre após eliminação na Copa do Brasil.

“Realmente a gente fica muito feliz, porque foram dois problemas que eu identifiquei contra o Criciúma que precisavam ser corrigidos drasticamente. Na nossa conversa, eu falei que algumas coisas que aconteceram no jogo contra o Criciúma não iriam acontecer mais, com vários jogadores abaixo taticamente, tecnicamente e essa pouca intensidade, mas precisava ter algo a mais. Precisávamos melhorar e precisávamos ter coragem. Precisava, mesmo quando a gente errasse e a gente vai errar fatalmente durante o jogo, que a gente continuasse acreditando. É isso que eu pedi”, pontuou.

“Mesmo errando, que a gente se apoiasse e incentivasse o nosso colega ou o cara que estava mais próximo para que a gente conseguisse continuar tentando. Só assim a gente consegue superar as adversidades. Então eu fiquei muito feliz, porque, mesmo com as dificuldades que o Santos impõe, é uma equipe muito qualidade, de Série A e de Libertadores, contra um treinador muito experiente, rodado e internacional, a gente conseguiu ainda explorar todas as deficiências que a gente identificou no Santos. Conseguimos controlar a partida do começo ao fim, mesmo sem a posse de bola. Tivemos mais finalizações, mais chances de gol e poderia ter feito mais gols. Conseguimos, inclusive em bolas paradas e jogadas ensaiadas, fazer o que vínhamos trabalhando. Isso deixa todos nós muito satisfeitos”, finalizou.

TABELA

Com sete pontos e na terceira colocação do Grupo B, a Ponte Preta volta a campo pelo Campeonato Paulista nesta segunda-feira, 19 de abril, diante do Red Bull Bragantino, a partir das 20h, no Estádio Nabi Abi Chedid.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top