Guarani

Pablo reitera preferência por setor no Guarani: ‘Futebol cresceu na frente’

Pablo reitera preferência por setor no Guarani: 'Futebol cresceu na frente'

Pablo reiterou preferência para atuar no sistema ofensivo do Guarani ao longo da Série B do Campeonato Brasileiro.

Escalado como ponta direita nos tempos de Felipe Conceição, na temporada passada, atacante reconheceu melhora da produtividade individual na linha de frente do Bugre.

+ Pablo celebra força coletiva do Guarani na Série B: ‘Muitos fazendo gols’

“É uma pergunta bacana, até porque, às vezes, as pessoas esquecem disso. É claro que eu me sinto à vontade e me sinto bem tranquilo. Volto a dizer que o meu futebol, no campeonato passado, cresceu jogando na frente. Não vou me exercer se tiver que jogar de atacante, se tiver que jogar de lateral e de volante, enfim, porque hoje eu trabalho para o Guarani. Eu sou um cara que gosto do clube. Eu vou sempre manter o meu papel de poder e querer jogar, mas, sim, eu sou um cara muito feliz. Quando eu jogo na frente, eu me sinto mais à vontade, realmente”, pontuou o camisa 17.

“Se eu disser que eu concordo (queda de produção), eu estaria mentindo. O Pablo precisava jogar. Eu não estava tendo uma sequência e não estava jogando. Vale enfatizar que eu estava jogando em uma posição que não é a minha habitual, que é de atacante. Eu sempre levei para mim as críticas e as observações para evoluir tanto de atacante quanto lateral. Dizer que eu estava muito abaixo ou estava abaixo… tenho a minha autocrítica, mas não concordo”, acrescentou, ao ser questionado sobre queda recente de produção.

CALMARIA

Pablo relembrou a diferença das duas arrancadas do Guarani nas duas últimas edições da Série B e pediu foco para não sair do caminho das vitórias nesta temporada.

“Nas duas ascensões, foram em situações diferentes. É difícil a gente sempre estar tocando nesse assunto, mas no campeonato passado sofremos em relação ao Covid. Isso nos atrapalhou bastante, mas nesse ano é um início bom. É um início com uma arrancada de vitórias positivas e é ter pés no chão. É ter pés no chão, como eu venho dizendo, porque é muito cedo”, alertou.

“É muito cedo, mas é focar e estar como o nosso grupo está, que está unido. Está todo mundo correndo pelo outro, que lá na frente as coisas vão acontecer. É igual um plantio. A gente planta e, lá na frente, a gente vai colher. Então é assim. É plantar coisas boas agora para que, lá na frente, Deus possa nos abençoar e colher coisas grandes”, continuou.

TRABALHOS

Um dos jogadores com maior tempo de Brinco de Ouro da Princesa, Pablo evitou comparar o trabalho realizado entre Daniel Paulista, atual treinador, e Allan Aal, demitido após eliminação no Campeonato Paulista.

“Eu sempre digo que é fácil você comparar um técnico com o outro com vitórias e com derrotas. Então se na situação do outro técnico, do Allan (Aal), se tivesse ganhando, era bom, o desempenho dele foi bom e tal. Só que não veio. Foram derrotas. Graças a Deus, é claro que tem isso. Tem as ideias do treinador e tem as ideias do Daniel (Paulista). Conseguimos, como aconteceu com o (Felipe) Conceição. Conseguimos entender”, celebrou.

“Graças a Deus, são os frutos que vêm acontecendo, mas eu digo que é difícil você querer comparar um técnico com outro em vista de resultados. É o meu modo de ver. São dois técnicos de pensamentos, em algumas áreas, diferentes, mas são dois grandes profissionais”, continuou.

“Eu sempre digo que, para um treinador ter um atleta versátil e ter um atleta que faz uma ou duas ou mais posições, fica mais. Para mim, é gratificante poder entender e poder aprender em outras posições, porque ajudando o Guarani eu também tenho muito a evoluir com essa versatilidade”, completou.

TABELA

Embalado por quatro triunfos consecutivos, Guarani volta a campo pela Série B do Campeonato Brasileiro nesta terça-feira, 20 de julho, diante do Sampaio Corrêa, no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, a partir das 19h.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top