Mais Esportes

Praia Clube bate Barueri e enfrenta o Osasco na semifinal da Superliga feminina

Superliga feminina Praia Clube Barueri
Foto: William Lucas/Inovafoto/CBV

CLASSIFICADAS! Após sair em vantagem na série de quartas de final da Superliga Banco do Brasil feminina 20/21, o Dentil/Praia Clube voltou a vencer o São Paulo/Barueri nesta quinta-feira (18), por 3 sets a 0 (25×16, 25×13 e 25×21), e confirmou a terceira vaga nas semifinais da competição. Devido ao toque de recolher no estado de Minas Gerais, a partida, que estava prevista para às 19h, teve início às 14h, na Arena Praia, em Uberlândia (MG).

+ De favorito a eliminado nas quartas: O que faltou para o Sada/Cruzeiro na Superliga 20/21?

Partida de ida

Barueri 2×3 Praia Clube

Partida de volta

Praia Clube 3×0 Barueri

O JOGO

Escalação Praia Clube: Fê Garay, Carol, Brayelin Martinez, Claudinha, Jineiry Martinez e Michelle. Líbero: Suellen. Reservas: Walewska, Monique, Mari Paraíba, Angélica, Anne, Laís e Rosane. Técnico: Paulo Coco.

Escalação Barueri: Karina, Lorena, Kisy, Kenya, Diana, Maira. Líbero: Nyeme. Reservas: Dani Terra, Daniela Seibt, Glayce, Lorrayna, Jheovana, Larissa e Jacke. Técnico: José Roberto Guimarães.

Superliga feminina Praia Clube Barueri
Foto: Cairo César/MKT-R Praia Clube via Divulgação

Durante o primeiro set, as visitantes não conseguiram quebrar a linha de passe do Praia e sofreram com os saídas de bola do forte ataque praiano. A parcial se mantinha equilibrada até Brayelin Martinez chegar para sacar, posição a qual criou raizes e possibilitou o 13×5 às companheiras. Desta maneira, as vice-campeãs da Copa Brasil administraram a vantagem e ainda contaram com os erros de contra-ataque do Barueri.

Muito concentradas com medo das tricolores repetirem o feito do jogo de ida, as atletas lideradas pela ponteira Fê Garay não diminuíram o ritmo e seguiram agredindo no fundamento de saque. Além do sistema defensivo do Praia Clube ter funcionado, a levantadora Claudinha distribuiu muito bem as bolas e o paredão amarelo e preto subiu. Ainda sem incomodar, as mineiras ampliaram o placar.

Embalado pelo 2×0, o Praia Clube logo disparou na frente, mas o Zé Roberto pediu tempo e o Barueri se recuperou. Apesar da reação das paulistas, tudo deu certo para o elenco praiano e, o set que foi o mais equilibrado, acabou com a parcial de 25×21. Claudinha foi eleita a melhor em quadra com mais de 30% dos votos e levou para casa o Troféu Viva Vôlei.

PRÓXIMA FASE

Agora, o Praia Clube tem pela frente o Osasco Audax/São Cristóvão Saúde, que se classificou depois de eliminar o Curitiba Vôlei. As datas das semifinais da Superliga ainda não foram definidas, uma vez que se estuda a realização das fases finais no formato de bolha, no Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV), em Saquarema, no Rio de Janeiro.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top