e-Sports

CS:GO: Durante live, Fer critica postura da FURIA em duelo contra MIBR

Divulgação/HLTV

A polêmica disputa entre MIBR x Furia pela Blast American Finals parece ter ainda muitos capítulos por vir. CEO e Fundador da FURIA, Jaime Pádua agradeceu à organização das panteras pela postura diante da polêmica. Jogadores da MIBR alegam falta de fairplay por parte da organização rival. Em transmissão na TwitchTV, Fernando “fer” Alvarenga trouxe mais detalhes da partida, ofendeu integrantes da FURIA e pediu mudança de postura aos jogadores.

CONFIRA TRECHO DA TRANSMISSÃO DE FER

A polêmica teve o seu primeiro capítulo quando ainda estava bem no começo do jogo. Segundo Fer, o jogo estava travando e não foi dado a possibilidade de jogar sem o anti-cheat, nem mesmo de trocar o servidor. Para evitar maiores problemas, o admin da partida ficou na mesma sala que os jogadores da MIBR e pausava sempre que algum problema de congelamento de tela aparecia. Porém, quando a partida entre MIBR x FURIA teve de ser pausada, enquanto o jogo estava 12×12, no primeiro mapa da Inferno, a confusão entre as duas equipes de fato começou.

A equipe da MIBR travou um pouco depois do início da rodada e não conseguia mover os seus personagens. A regra diz que em casos como esse, caso o jogo ainda não tenha tido muito dano e nem grandes mudanças, a partida pode ser pausada e reinicia a rodada. Entretanto, durante o congelamento, o jogador Fer foi morto pela a equipe da FURIA, mais precisamente pelo awper Andrei “arT” Piovezan. Por conta do dano, a FURIA tinha o respaldo de não precisar voltar a partida. Entretanto, jogadores da MIBR alegaram que o problema aconteceu antes e exigiam que a partida voltasse.

Segundo declarações de Fer, a partida ficou pausada por 15 minutos e não ficou acordado que voltariam para o início da rodada, continuando então 13×12 para a FURIA. Foi então que os jogadores tiveram de separar o clipe da partida e entregar aos admins do campeonato, comprovando que houve o problema de congelamento do jogo por parte da equipe da MIBR. Após longo tempo, o jogador arT da FURIA respondeu o jogador Vito “kNg” Giuseppe no chat da partida, informando que os treinadores das duas equipes estavam dialogando entre si. De acordo com Fer, foi nessa hora que os ânimos entre as duas equipes alcançou um nível quente. Diante da postura de se ausentarem da decisão, Fer falou que os jogadores da FURIA “não tiveram atitude de homem”.

Íntegra do chat durante a confusão entre MIBR x FURIA – Reprodução/Roque Marques

Depois de um longo tempo de discussão, a equipe da FURIA aceitou voltar a rodada e a partida continuou 12×12, vindo a acabar 16×14 para MIBR ao final do mapa Inferno. Antes de começar a segunda partida, o CEO da FURIA, Jaime Pádua, parabenizou a equipe pela decisão e disse que sentia orgulho da postura da FURIA no ocorrido.

O segundo mapa foi a Vertigo, escolha da FURIA, mas a MIBR fechou em 16×09 e garantiu a vitória no duelo, conseguindo avançar de fase e jogando a FURIA para a chave dos perdedores. Ao final da partida, o jogador kNg fez o uso de sua conta pessoal no instagram para dar opiniões sobre o acontecido e criticar a postura FURIA em dizer que aceitou o pedido sem maiores problemas. Após, foi a vez do jogador arT, da FURIA, usar a conta pessoal do instagram para explicar a versão dele.

6 Comments

As últimas

To Top