Cruzeiro

Com quatros gols sofridos em sete jogos, Weverton não deve ser ‘queimado’ por erros contra o América-MG

Com quatros gols sofridos em sete jogos, Weverton não deve ser 'queimado' por erros contra o América-MG
Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

Uma das gratas surpresas do 2021 celeste, o jovem zagueiro Weverton, de 18 anos, vem despertando olhares por suas boas atuações com a camisa do Cruzeiro. recém promovido ao time profissional da Raposa, mesmo com a possibilidade de atuar por mais três anos nos times de base. Apesar do início promissor, o defensor cometeu alguns erros mais decisivos contra o América-MG e isso acabou gerando críticas da torcida. Mas ainda assim, o atleta já se provou ter boa perspectiva de futuro, por isso é importante ter paciência.

No jogo contra o América, que terminou com vitória de virada do Coelho, por 2 a 1, Weverton cometeu alguns erros, incluindo o que originou o segundo gol americano. No lance, ele abaixou a cabeça após cruzamento e a bola encontrou Ademir, que marcou. Caso tivesse tentado cortar a bola, o zagueiro evitaria que a bola caísse nos pés do atacante americano.

Veja também: Tem vaga no Cruzeiro? Ramires, Desábato e mais cinco outros volantes estão livres no mercado; veja

Mesmo com o vacilo, Weverton ainda teve bons momentos no jogo, com saídas de bola de qualidade, seja tocando, ou driblando, além de seus já característicos lançamentos certeiros. É verdade que esteve mais inseguro que de costume, mas é algo normal para alguém de sua idade, que joga numa posição constantemente pressionada pelos adversários.

Weverton como profissional

Desde que subiu ao profissional, Weverton disputou sete partidas, sendo titular em todas, e com ele em campo, o Cruzeiro sofreu apenas quatro gols, sendo dois destes na última partida, contra o América. Antes disso, havia visto o adversário balançar as redes de dentro do campo em sua estreia no “time de cima”, contra o Uberlândia, e depois contra o Pouso Alegre, num lance que teve falhas individuais de Raúl Cáceres e Ramon.

E no caso de Weverton, nem é possível dizer que ele se saiu bem apenas contra times de menor expressão, já que foi titular contra o Atlético-MG, considerado um dos melhores elencos do país, e com boa atuação, ajudou a defesa celeste a não sofrer gols.

Com quatros gols sofridos em sete jogos, Weverton não deve ser 'queimado' por erros contra o América-MG
Weverton teve atuação “de gente grande” frente ao milionário ataque atleticano – Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Veja também: Romulo, meia do Cruzeiro, publica stories pedindo respeito ao goleiro Fábio: ‘Um dos maiores goleiros da história’

Erros vão acontecer, mas os acertos têm sido mais comuns

Weverton é ainda muito jovem e inexperiente, mas ainda assim, joga “como gente grande”. Erros irão acontecer, como acontecem até com zagueiros mais experientes, basta lembrar que Ramon e Manoel falharam nesta temporada 2021, mas no seu caso, os acertos têm sido muito mais comuns.

Sua função no esquema de Felipe Conceição supera apenas defender, mas é também armar o jogo de trás, com o jogador já tendo participações diretas e indiretas em gols da equipe. Jovens zagueiros com bom passe têm sido tendência no mercado do futebol e, caso siga evoluindo e tendo minutos de jogo, Weverton com certeza irá atrair os olhares do exterior.

A forma de prevenir esses erros é dando mais rodagem e experiência ao zagueiro, além de montar sistemas que o proteja, principalmente pela função agressiva que o zagueiro executa, com saídas de bola pelo chão e passes que “quebram” a defesa adversária. Com paciência e trabalho, Weverton pode crescer muito e se tornar um pilar do elenco celeste, com frutos em curto, médio e longo prazo.

Para saber tudo sobre o Cruzeiro, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram Facebook.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top